sicnot

Perfil

Atentado em Nice

O "pior drama" da história de Nice

O presidente da região Provence-Alpes-Côte d'Azur disse esta noite que o atentado ocorrido há poucas horas fez pelo menos 70 mortos. Christian Estrosi, que já foi presidente da Câmara, na sua conta no Twitter apresenta as condolências às famílias e diz que se está perante "o pior drama da historia de Nice".

FRANCK FERNANDES

"A hora é de mobilização", disse o responsável, apelando à solidariedade e acrescentando que foi já criado um gabinete de apoio psicológico.

O procurador de Nice, Jean-Michel Prête, tinha dito antes que pelo menos 60 pessoas tinham morrido, atingidas por um camião ao longo de dois quilómetros na marginal da cidade.

No local, junto ao mar Mediterrâneo, concentrava-se uma multidão que assistia a um espetáculo de fogo de artifício.

Os números avançados pelo procurador eram o resultado de um primeiro balanço feito pelos bombeiros.

Um camião atingiu esta noite uma multidão em Nice, no sul de França, na Promenade des Anglais, quando assistiam a um fogo de artifício para celebrar o dia de França.

Lusa

  • Surto de hepatite A em Portugal
    2:45

    País

    Há um surto de hepatite A em Portugal. Desde janeiro, 105 pessoas foram diagnosticadas na região de Lisboa e Vale do Tejo, um número superior aos casos contabilizados em todo o país nos últimos 40 anos. O surto terá começado na Holanda e está a atingir quase toda a Europa. A Direção-Geral de Saúde vai divulgar ainda esta terça-feira as normas de orientação clínica para que os médicos possam lidar da melhor maneira com este surto.

  • Bruno de Carvalho e Octávio Machado suspensos

    Desporto

    O presidente do Sporting, Bruno de Carvalho, e o diretor-geral para o futebol, Octávio Machado, foram esta terça-feira suspensos pelo Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol, na sequência de uma queixa apresentada pelo Benfica em novembro de 2015.

  • Corredora exausta é levada ao colo até à meta na meia maratona do amor
    1:06

    Mundo

    Aconteceu este domingo em Filadélfia, EUA. A poucos metros da meta uma corredora exausta é amparada por dois colegas. Mas o cansaço é tanto que fica sem força nas pernas. É quando aparece a terceira ajuda. Um homem volta para trás e leva-a no colo até à meta. A centímetros do fim larga-a para que a corredora possa atravessar a meta pelo seu próprio pé.

    Patrícia Almeida

  • Kennedy acreditava que Hitler estava vivo

    Mundo

    Um diário de John F. Kennedy vai a leilão em Boston, nos Estados Unidos da América. O diário foi escrito durante a sua breve carreira como jornalista, depois da 2.ª Guerra Mundial. No livro, foram expostas algumas teorias do antigo Presidente norte-americano, como a possibilidade de Hitler estar vivo.

    Ana Rute Carvalho