sicnot

Perfil

Atentado em Nice

Christian Estrosi critica forças policiais na noite do ataque

Christian Estrosi criticou hoje a forma de atuar das forças policiais, na Promenade des Anglais, local onde ocorreu o atentado de quinta-feira à noite, e avançou que vai pedir explicações ao presidente francês, François Hollande.

© Eric Gaillard / Reuters

"Como é possível que aquele camião tenha penetrado numa zona pedonal, (...) como é possível que [o autor do massacre] pudesse atuar sozinho", disse, indignado, o presidente da região de Provença, Alpes, Costa Azul, Christian Estrosi, numa entrevista à radio 'RMC' e à televisão 'BFM TV'.

Aquele responsável disse que hoje, quando chegar a Nice, fará esta pergunta a François Hollande, mas que também quer saber quantos polícias foram destacados para o centro da cidade e como é possível ocorrer um ataque num local onde estavam concentradas milhares de pessoas, numa rua, a assistir aos fogos-de-artifício, da Festa Nacional francesa, a comemorar o Dia da Bastilha.

Christian Estrosi, membro destacado do partido da oposição, Os Republicanos, presidido por Nicolas Sarkozi, insistiu que "não [pode] imaginar" que o condutor do camião, o qual foi abatido pela polícia, "tenha conseguido atuar sozinho", e que, por esse motivo, irá reclamar que se "aclare a cadeia de cumplicidades".

O político conservador criticou a atuação do Governo socialista argumentando com a série de atentados 'jihadistas' que têm ocorrido em França desde o ano passado, e mesmo assim não terem sido aplicadas "as medidas extremamente fortes" que tinha exigido.

Falou em particular da necessidade de identificar e isolar quem foi combater para grupos 'jihadistas' na Síria ou no Iraque, e que retornaram a França, mas também atenção aos presos por terrorismo que se encontram na prisão.

Christian Estrosi exigiu igualmente que sejam vigiados e controlados todos aqueles que estão identificados como suspeitos de terrorismo.

Lusa

  • As primeiras reações à morte de Chester Bennington

    Cultura

    Chester Bennington, vocalista da banda de metal alternativo Linkin Park, morreu esta quinta-feira em casa em Palos Verdes Estates, no estado da Califórnia, nos EUA. Várias celebridades já reagiram à morte do músico de 41 anos. Segundo o TMZ, o cantor da banda norte-americana suicidou-se.

  • O perfil do novo herói do surf português
    3:43
  • O. J. Simpson vai sair em liberdade condicional

    Mundo

    A antiga estrela de futebol americano O. J. Simpson vai sair em liberdade condicional, depois de ter cumprido nove anos de prisão num estabelecimento prisional do estado do Nevada, nos Estados Unidos.

  • Filho do leão Cecil também foi abatido por um caçador

    Mundo

    Xanda pode ter tido o mesmo fim que o seu pai, o leão Cecil, que em 2015 foi abatido por um caçador, no Zimbabué. Na altura, a morte de Cecil tomou proporções inéditas, chegando uma imagem do leão a ser projetada na fachada do Empire State Building. Agora, Xanda terá sido abatido a tiro por um caçador de troféus.