sicnot

Perfil

Atentado em Nice

Donald Trump adia anúncio sobre o seu vice-presidente

O candidato do Partido Republicano à presidência dos Estados Unidos, Donald Trump, adiou o anúncio, previsto para hoje, sobre quem será seu vice-presidente se chegar à Casa Branca, devido ao atentado ocorrido em França.

© Jonathan Drake / Reuters

"Em face do horrível ataque em Nice, França, eu adiei a conferência de imprensa de amanhã [hoje] relativa ao anúncio do meu vice-presidente", escreveu Donald Trump, na rede social Twitter.

Meios de comunicação social norte-americanos avançam que a escolha do magnata para seu 'número dois' recaiu sobre o governador do Estado do Indiana, Mike Pence, figura da ala mais conservadora dos republicanos.

A Convenção Republicana, em Cleveland (Ohio), começa na próxima segunda-feira.

Pelo menos 80 pessoas morreram e mais de cem ficaram feridas num ataque perpetrado com um camião em Nice, no dia nacional de França.

As autoridades francesas consideram estar perante um atentado terrorista, que ainda não foi reivindicado.

Lusa

  • Advogados de Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático
    2:13

    Operação Marquês

    Os advogados de José Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático e garantem que o antigo primeiro-ministro nunca favoreceu Ricardo Salgado ou o Grupo Espirito Santo. Segundo o Expresso, o presidente da Escom, Helder Bataglia, terá admitido que Ricardo Salgado utilizou uma conta bancária do empresário, na Suíça, para passar 12 milhões de euros a Carlos Santos Silva, alegadamente para o amigo José Sócrates.

  • Marcelo diz que é hora de valorizar o poder local
    0:40

    País

    O Presidente da República diz que este é o momento para valorizar o poder local. Sobre a descida da Taxa Social Única, Marcelo Rebelo de Sousa recusou comentar e negou que haja crispação politica entre Governo e oposição.

  • Marine Le Pen diz que Brexit terá efeito dominó na UE
    0:39

    Brexit

    Marine Le Pen diz que o Brexit vai ter um efeito dominó na União Europeia. Durante um congresso da extrema-direita, a líder da Frente Nacional francesa afirmou que a Europa vai despertar este ano em que estão marcadas eleições em vários países, como a Alemanha e a Holanda.