sicnot

Perfil

Atentado em Nice

Governo espanhol convoca reunião para avaliar ameaça terrorista

O ministro do Interior espanhol, Jorge Fernández Díaz, convocou uma reunião de urgência para avaliar a ameaça terrorista, depois do ataque perpetrado em Nice, no sul de França, que provocou pelo menos 70 mortos e dezenas de feridos.

Ciaran Fahey

Fontes do Ministério do Interior espanhol referiram que o ministro convocou os responsáveis máximos pela luta contra o terrorismo das forças de segurança e do Centro de Inteligência Contra o Terrorismo e Crime Organizado para a reunião, a realizar na sexta-feira de manhã.

A reunião visa analisar a ameaça terrorista e o nível de risco de um possível atentado em Espanha.

Um camião atingiu na quinta-feira à noite uma multidão em Nice, França, na Promenade des Anglais, quando assistiam a um fogo-de-artifício para celebrar o dia de França.

Há informação de pelo menos 70 mortos e uma centena de feridos, segundo a polícia e a câmara da cidade. O condutor do camião foi abatido pela polícia.

As autoridades francesas já consideraram este ataque um atentado e o Presidente da França, François Hollande, vai reunir o gabinete de crise.

Lusa

  • Primo de Sócrates já foi notificado
    1:48
  • Santana Lopes espera mais diálogo com António Costa
    0:40

    País

    Pedro Santana Lopes espera que o primeiro-ministro dialogue mais com o novo líder do PSD do que o que tem dialogado com Passos Coelho. O candidato à liderança dos social-democratas criticou ainda Rui Rio por ainda não se ter mostrado disponível para um debate.

  • Rui Rio defende o diálogo com todos os partidos
    0:37

    País

    Rui Rio defende o diálogo com todos os partidos com assento parlamentar e não apenas com o Governo. As declarações do candidato à liderança do PSD surgiram em resposta a António Costa que, em entrevista, disse que acredita que a relação com os social-democratas vai melhorar com a nova liderança.

  • Morreu o jornalista Pedro Rolo Duarte

    País

    Morreu Pedro Rolo Duarte. O jornalista tinha 53 anos e não resistiu a um cancro. Pedro Rolo Duarte estava internado nos cuidados paliativos do Hospital da Luz, em Lisboa. Trabalhou em imprensa, na rádio e na televisão.