sicnot

Perfil

Atentado em Nice

Município de Lisboa com bandeira a meia haste

A Câmara de Lisboa vai ter, entre hoje e domingo, a bandeira do município colocada a meia haste em "profunda solidariedade" com as vítimas do atentado de quinta-feira à noite em Nice, França, foi anunciado.

"Num gesto solidário, unindo as duas cidades e em homenagem às vítimas inocentes, o município de Lisboa coloca durante três dias a sua bandeira a meia haste nos edifícios dos Paços do Concelho e do Campo Grande", divulgou a autarquia em comunicado.

Citado na mesma nota, o presidente da câmara, Fernando Medina (PS), salienta que "Lisboa encontra-se unida" a Paris na "determinação em vencer este horror arbitrário e sem rosto que é o terrorismo".

O comunicado adianta que "a profunda persistência e união à volta dos valores celebrados no Dia da Bastilha, como a Igualdade, Liberdade e Fraternidade, é garantia mais forte que a liberdade vencerá sempre a barbárie".

Um camião atingiu na quinta-feira à noite uma multidão em Nice, na Promenade des Anglais, quando decorria um fogo de artifício para celebrar o dia de França.

O último balanço das autoridades francesas aponta para 84 mortos e uma centena de feridos, 18 dos quais continuam em estado considerado crítico. O condutor do camião foi abatido pela polícia.

As autoridades francesas já consideraram estar perante um atentado e o Presidente da França, François Hollande, anunciou o prolongamento por mais três meses do estado de emergência que vigora no país desde o ano passado. França decretou luto nacional de três dias.

A autoria do ataque ainda não foi reivindicada.

Lusa

  • Ministra tem condições para ficar?
    1:57
  • Proteção Civil garante que já não há desaparecidos
    1:40
  • "Depois de sair da autoestrada o vidro do carro ainda estava a ferver"
    2:01
  • Os testemunhos emocionados de quem perdeu quase tudo nos fogos
    2:10
  • A primeira moção de censura ao fim de quase dois anos
    1:42

    País

    O CDS-PP avançou com uma moção de censura ao Governo, perante o que chama de falha do Governo na proteção das pessoas. O PSD apoia a iniciativa. António Costa fala num ato natural da democracia. Esta é a primeira moção de censura que o Governo socialista enfrenta ao fim de quase dois anos de mandato.

  • "Agora é tempo de decidir e executar"
    1:27

    País

    O primeiro-ministro reuniu-se esta terça-feira com os autarcas das zonas mais afetadas pelos incêndios e visitou os feridos, que continuam internados no Hospital de Coimbra. António Costa diz que o tempo das respostas começa agora.

  • Norte-americana foi à discoteca e tornou-se princesa

    Mundo

    A história de Ariana Austin é quase como um conto de fadas moderno. A jovem vai até ao baile, onde conhece o seu príncipe. Só que a norte-americana foi a uma discoteca e, na altura, não sabia que Joel Makonnen era na verdade um príncipe da Etiópia e que casaria com ele 12 anos depois, tornando-se também ela numa princesa.