sicnot

Perfil

Atentado em Nice

O momento em que a polícia abate o condutor do camião

O momento em que a polícia abate o condutor do camião

Um vídeo amador registou o momento em que a polícia francesa dispara rajadas de tiros contra o motorista do camião que atropelou centenas de pessoas ontem à noite em Nice.

As imagens foram filmadas instantes depois deste camião abalroar centenas de pessoas que celebravam o dia da Bastilha, no coração da cidade de Nice, no sul de França.

Pouco depois, é possível ouvir a polícia a dar ordem de evacuação e dezenas de pessoas - homens, mulheres e crianças - fogem para a praia, em pânico, ao som das ambulâncias e das viaturas de emergência.

  • Pelo menos 84 mortos e mais de 100 feridos no ataque em Nice
    0:55

    Atentado em Nice

    A França voltou a ser vítima de um ataque terrorista, ontem à noite. Em plena celebração do Dia da Bastilha, um camião foi de encontro a uma multidão que assistia ao fogo de artifício, numa das principais avenidas de Nice. O condutor disparou várias vezes antes de ser abatido. Pelo menos 84 pessoas morreram e mais de 100 ficaram feridas, 18 delas em estado grave, segundo o último balanço.

  • França acorda para a manhã seguinte ao horror
    1:56

    Atentado em Nice

    O estado de emergência foi prolongado por mais três meses em França, depois do ataque terrorista de ontem à noite na cidade francesa de Nice. O atentado ainda não foi reivindicado, mas as autoridades já identificaram formalmente o condutor do camião que atropelou centenas de pessoas. Pelo menos 84 morreram, mais de 100 estão feridas.

  • Sobrevivente do atentado em Nice descreve cenário dantesco
    0:24

    Atentado em Nice

    Para além dos mais de 80 mortos há ainda mais de uma centena de feridos, sendo que pelo menos 50 são crianças, que assistiam com os pais ao fogo de artifício do Dia da Tomada da Bastulha, feriado nacional em França. Um dos sobreviventes descreve um cenário dantesco na marginal de Nice, onde estavam milhares de pessoas.

  • Mais de 50 concelhos do país em risco máximo de incêndio

    País

    Mais de meia centena de concelhos de dez distritos do país estão hoje em risco 'máximo' de incêndio, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA). De acordo com o IPMA, estão sob este aviso 51 concelhos dos distritos de Castelo Branco, Faro, Portalegre, Santarém, Coimbra, Leiria, Guarda, Vila Real, Viseu e Bragança.

  • "Ao contrário do que diz a direita, o futuro dos jovens é aqui"
    0:52

    Economia

    António Costa atacou esta sexta-feira à noite a direita com o aumento do emprego jovem. Perante vários jovens no acampamento nacional da Juventude Socialista, o secretário-geral do PS dirigiu-se ainda aos partidos de direita para garantir que o aumento do salário mínimo está a criar mais emprego com maior qualidade.

  • Uma viagem aérea por Pegões
    1:00
    Visão de Portugal

    Visão de Portugal

    DIARIAMENTE NO JORNAL DA NOITE

    O espaço Visão de Portugal, do Jornal da Noite da SIC, mostra o país através de imagens aéreas. A rubrica leva-nos esta sexta-feira a sobrevoar Pegões, no concelho de Tomar. 

  • Porto eleito pela terceira vez o melhor destino europeu 
    2:53

    País

    O Porto foi eleito o melhor destino europeu pela terceira vez e as distinções internacionais não param de chegar. Desta vez os elogios chegam através da norte-americana CNN. Os preços acessíveis, a gastronomia, a história e a arquitetura são os pontos da cidade que tem a rua com maior tráfego do país. 

  • Lisboa é o terceiro melhor destino de cruzeiros
    1:22

    País

    O Turismo em Lisboa tem registado um crescimento. A cultura, a arte e os preços baixos são os pontos fortes apontados pelos turistas. A capital é já considerada o terceiro melhor destino de cruzeiros. O novo terminal do porto de Lisboa e a ligação direta a Pequim deverão aumentar ainda mais o número de visitantes.

  • Ir ao Minho e a Sintra
    22:50
  • Líder da Palestina hospitalizado

    Mundo

    O Presidente palestiniano, Mahmud Abbas, de 82 anos, foi hospitalizado este sábado em Ramallah, na Cisjordânia, para se submeter a um "exame de rotina" durante algumas horas, anunciou um porta-voz.