sicnot

Perfil

Atentado em Nice

PR brasileiro lamenta ataque "no dia que eternizou fraternidade"

O Presidente interino do Brasil, Michel Temer, lamentou o atentado ocorrido em Nice, no sul de França, esta quinta-feira, "dia que eternizou a fraternidade", e qualificou a ação de "abjeta e ultrajante".

© Adriano Machado / Reuters

"É lamentável que no dia que eternizou a fraternidade como lema do povo francês um atentado destrua a vida de tantos cidadãos", escreveu o chefe de Estado brasileiro na sua conta na rede social Twitter.

Em nota, Michel Temer disse que "o povo francês foi vítima da mais injustificada intolerância", e qualificou de "abjeta e ultrajante a ação perpetrada contra inocentes que celebravam os mais elevados valores universais: a liberdade dos povos, a igualdade entre os cidadãos e a fraternidade como elemento das relações entre seres humanos".

"Os assassinos não conseguirão o seu intento. Muito ao contrário, apenas reforçarão os laços entre países livres, que buscam a igualdade de condição entre as nações do mundo. E a fraternidade continuará a guiar os nossos povos", acrescentou.

Michel Temer disse ainda que "hoje, mais do que nunca, somos todos franceses, irmãos na dor e solidariedade a todos os mortos e feridos, suas famílias e amigos".

"O Brasil une-se a todos que desejam e lutam pela paz e harmonia no mundo. Estamos juntos contra a intolerância e a barbárie", vincou.

As autoridades falam entre 75 e 77 mortos e mais de 100 feridos provocados pelo camião que embateu durante dois quilómetros na Promenade des Anglais, em Nice, contra as pessoas que assistiam ao fogo-de-artifício para celebrar o dia nacional de França.

O condutor do camião foi abatido pela polícia.

Lusa

  • "Em menos de cinco minutos toda a gente apagou as luzes e baixou as persianas"
    2:56

    Atentado em Nice

    Daniela Cardoso, enfermeira portuguesa a trabalhar em Nice, não estava no local porque estava com os amigos a ver um jogo de futebol. Diz que ouviu tiros e ambulâncias e depressa soube pelo Facebook o que se estava a passar. "Em menos de cinco minutos toda a gente apagou as luzes e baixou as persianas". A portuguesa que mora em Nice há quatro anos diz que nunca sentiu perigo nesta zona de França.

  • O filme dos momentos de terror
    0:55

    Atentado em Nice

    Do nada, um camião branco dirige-se contra a multidão. As imagens serão das primeiras do ataque de Nice. Mostram a passagem do veículo. Primeiro, devagar e depois a ganhar velocidade perante os disparos da polícia. O que se segue são dois quilómetros de terror. Outro vídeo amador mostra a passagem do camião a grande velocidade. Quando finalmente parou começaram os disparos. Depois de abatido o condutor, foram descobertas armas e explosivos no interior do camião. O gabinete anti-terrorismo já tomou conta da investigação.

  • Autoridades admitem que possa haver suspeitos em fuga
    0:55

    Atentado em Nice

    O fantasma do terrorismo volta a assombrar França. Em plena celebração do dia da Batilha, em Nice, um camião foi de encontro a uma multidão e assistia oa fogo de artifício, numa das principais avenidas da cidade. As autoridades francesas já falam em atentado mas sem suspeitas sobre os responsáveis. O primeiro balanço aponta para pelo menos 80 mortos e 100 feridos. O presumível condutor já terá sido abatido mas as autoridades admitem que possa haver suspeitos em fuga.

  • O momento em que o camião avança contra a multidão
    0:28

    Atentado em Nice

    Um camião embateu, esta noite, numa multidão que assistia ao fogo-de-artifício em Nice. As vítimas estavam a festejar o Dia Nacional de França. O motorista da viatura disparou contra a multidão mas foi abatido. Será um homem de 31 anos, natural de Nice, de origem tunisina. Segundo as autoridades francesas, 80 pessoas foram mortas. O vídeo mostra o momento em que o camião avança contra a multidão.

  • Marcelo já sabia da substituição do embaixador de Angola
    4:00

    País

    O Presidente da República sabia há bastante tempo da substituição do embaixador de Angola em Lisboa e já tinha aprovado o nome do futuro representante de Luanda. A revelação foi feita, esta terça-feira, por Marcelo Rebelo de Sousa, numa conversa exclusiva com a SIC no Palácio de Belém. O Presidente contou ainda que não vai enviar recados ao Governo nem aos partidos no discurso de 25 abril que vai fazer na Assembleia da República.

    Exclusivo SIC

  • Chegaram os brinquedos de cartão para a consola
    6:24
  • O 10 de julho de 1941 na escrita de João Pinto Coelho
    15:09
  • Governo promete melhorar condições de 26 mil famílias
    1:23

    País

    O ministro do Ambiente explicou esta terça-feira, no Parlamento, as novas medidas para a habitação: reduzir os impostos para arrendamentos longos, melhorar as condições de 26 mil famílias e introduzir o arrendamento vitalício para maiores de 65 anos. Este é um investimento que vai chegar aos 1700 milhões de euros.

  • Pato em excesso de velocidade faz disparar radar numa estrada suíça
    1:31
  • Peixe-galo e batatas rosti, qual o cardápio do encontro entre os líderes das Coreias?

    Mundo

    O menu do encontro entre o líder norte-coreano, Kim Jong-un, e o Presidente sul-coreano, Moon Jae-in, já foi dado a conhecer esta terça-feira. Através do site oficial do Governo, Seul anunciou um cardápio com vários pratos típicos da Península da Coreia, como dumplings ao vapor, arroz cultivado na Coreia, carne grelhada, salada fria com polvo, peixe-galo, batatas rosti e sopa fria.

    SIC

  • O vestido de noiva de Megan Markle
    1:17