sicnot

Perfil

Atentado em Nice

Papa solidário com vítimas e povo francês

O papa Francisco expressou hoje a sua "solidariedade com o sofrimento das vítimas e de todo o povo francês" por causa do atentado de quinta-feira em Nice, em que morreram pelo menos 84 pessoas, segundo a Rádio vaticano.

© POOL New / Reuters

A rádio da Santa Sé acrescenta que o Vaticano seguiu "com enorme preocupação as terríveis notícias que chegaram de Nice" durante a noite e madrugada.

"Condenamos da forma mais absoluta todas as manifestações de loucura homicida, de ódio, de terrorismo, de ataque à paz", acrescentou a emissora.

O atentado em Nice, sul de França, na quinta-feira à noite, fez pelo menos 84 mortos e 18 feridos continuam em estado considerado crítico, segundo o balanço mais recente do Governo francês.

Um homem lançou um camião sobre uma multidão na avenida marginal da cidade de Nice, a Promenade des Anglais, que na quinta-feira assistia a um fogo-de-artifício para celebrar o dia nacional de França.

As autoridades francesas consideram estar perante um atentado terrorista e o Presidente da França, François Hollande, anunciou o prolongamento por mais três meses do estado de emergência que vigora no país desde o ano passado.

A autoria do ataque ainda não foi reivindicada.

O condutor do camião disparou várias vezes antes de ser abatido pela polícia, disse o presidente da região de Provence-Alpes-Cote d'Azur, Christian Estrosi.

Por outro lado, uma fonte próxima da investigação, citada pela agência noticiosa AFP, indicou que foi encontrada uma granada "inoperacional" no interior do camião de 19 toneladas, a par com "uma série de falsas caçadeiras".

Lusa

  • "É mais um notável tiro no pé de Passos Coelho"
    4:04

    Tragédia em Pedrógão Grande

    Miguel Sousa Tavares analisou esta segunda-feira, no Jornal da Noite, a polémica em torno de Pedro Passos Coelho, depois do presidente do PSD ter pedido desculpas por ter "usado informação não confirmada", ao falar na existência de suicídios, depois desmentidos, como consequência da falta de apoio psicológico na tragédia de Pedrógão Grande. Sousa Tavares considera que Passos Coelho deu "mais um tiro no pé" e defende que o líder da oposição "está notoriamente desgastado" e "caminha para uma tragédia eleitoral autárquica".

    Miguel Sousa Tavares

  • Este texto é sobre o bom senso. O bom senso que faltou a Passos Coelho quando, esta manhã, depois de uma visita pelas áreas ardidas de Pedrógão Grande, decidiu falar em suicídios. Passos não se referiu a tentativas, mas sim a atos consumados. Deu certezas. Disse que tinha conhecimento de “pessoas que puseram termo à vida” porque “que não receberam o apoio psicológico que deviam.”

    Bernardo Ferrão

  • Simplex+2017 promete simplificar burocracia
    1:08

    País

    Já está online o novo Simplex+2017, que vai simplificar a vida dos cidadãos, empresas e administração pública. Pagar impostos com cartão de crédito e ter o cartão de cidadão ou a carta de condução no telemóvel são alguns exemplos do que está previsto.

  • Homem fala ao telefone com o filho que pensava estar morto

    Mundo

    Um norte-americano que tinha estado presente no funeral do filho recebeu, 11 dias depois, uma chamada telefónica de um homem que o pôs em contacto... com o filho que havia enterrado semana e meia antes. Tudo por causa de um erro do gabinete de medicina legal.