sicnot

Perfil

Atentado em Nice

"Se o meu amigo não me convidasse para jantar eu estava lá a ver o fogo de artifício"

"Se o meu amigo não me convidasse para jantar eu estava lá a ver o fogo de artifício"

Pedro Curtinhas é português e reside em Nice. No momento do ataque estava a jantar em casa de um amigo a cerca de dois ou três quilómetros do local. Pedro diz que se o amigo não o tivesse convidado para jantar estaria no local do ataque a assistir ao fogo de artifício como faz todos os anos.

  • Ataque em Nice poderá ter tido como alvo os turistas
    2:08

    Atentado em Nice

    Um camião embateu numa multidão que assistia ao fogo-de-artifício em Nice. As vítimas estavam a festejar o Dia Nacional de França. A polícia francesa está a tratar o sucedido como sendo um atentado. Não se sabe ainda o número de vítimas, mas segundo a BFMTV, poderá haver entre 30 a 50 vítimas mortais. De acordo com as autoridades francesas, o motorista da viatura foi abatido. Nuno Rogeiro, comentador da SIC, explica que este ataque pode ter com objetivo atacar turistas. O comentador diz que o Daesh declarou guerra não só aos Estados mas também ao turismo uma vez que estes consideram que esta é uma forma de "decadência social".

  • Bagão Félix esteve na Promenade des Anglais minutos antes do ataque
    3:06

    Atentado em Nice

    Um camião embateu numa multidão que assistia ao fogo-de-artifício em Nice. As vítimas estavam a festejar o Dia Nacional de França. O motorista da viatura foi abatido, segundo as autoridades francesas. Bagão Félix, comentador da SIC, conta que esteve no sítio do ataque, na Promenade des Anglais, a poucos minutos antes e descreve o cenário que se vive em Nice.

  • "A França está em guerra"
    3:55

    Atentado em Nice

    Um camião embateu numa multidão que assistia ao fogo-de-artifício em Nice. As vítimas estavam a festejar o Dia Nacional de França. O General Rodolfo Begonha lembra que "a França está em guerra" e que este tipo de ataques têm como objetivo perturbar os ajuntamentos de pessoas.

  • Português estava no local do ataque
    10:43

    Atentado em Nice

    Cláudio Costa é português, mora há vários anos em Nice e estava na faixa por onde o camião entrou momentos antes deste ter embatido na multidão. No momento do embate, o português tinha passado para a outra faixa para ir ter com amigos. O jovem esteve a cerca de 5/10 metros do camião. Cláudio Costa descreve o que viu nos momentos seguintes ao atentado.

  • "O bom senso obriga a acordo para a estabilização do sistema financeiro"
    2:06

    Economia

    O Presidente da República disse esta quarta-feira que "o bom senso obriga a que todos estejam de acordo para a estabilização do sistema financeiro". Num aparente recado a Passos Coelho, Marcelo apelou a um consenso de regime e avisou que "não há prazer tático que justifique o desgaste" provocado pelas divisões atuais.

  • Uma alternativa aos serviços de enfermagem ao domicílio
    7:34
  • Familiares de vítimas procuram destroços do MH370
    1:48

    Voo MH370

    Um grupo de familiares das vítimas do avião das linhas aéreas da Malásia, desaparecido em 2014, procuram destroços do aparelho em Madagáscar. As autoridades malaias estudam a posssibilidade de uma nova operação de buscas.

  • Primeiro-ministro em lágrimas ao reencontrar refugiado que recebeu no Canadá em 2015

    Mundo

    Justin Trudeau desfez-se em lágrimas no reencontro com um refugiado sírio, que ele recebeu no Canadá em 2015. No ano passado, Trudeau recebeu pessoalmente os refugiados no aeroporto, onde foi visto a entregar casacos de inverno aos migrantes. Esta segunda-feira, o primeiro-ministro conheceu algumas das famílias que se estabeleceram no país, numa reunião filmada pela emissora canadiana CBC.