sicnot

Perfil

Atentado em Nice

UEFA assume-se chocada com atentado

A UEFA assumiu-se hoje chocada com o atentado ocorrido na quinta-feira em Nice, que fez 84 mortos, apresentando as condolências às famílias da vítimas e a solidariedade com França.

Francois Mori

"A UEFA está chocada e profundamente triste com o atentado terrorista ocorrido ontem [na quinta-feira] em Nice. Queremos expressar a nossa solidariedade com a nação de França e as nossas sinceras condolências às famílias das vítimas", lê-se num comunicado que rege o futebol europeu.

Um camião atingiu na quinta-feira à noite uma multidão em Nice, França, na Promenade des Anglais, quando decorria um fogo de artifício para celebrar o dia de França.

O último balanço aponta para 84 mortos e uma centena de feridos, 18 dos quais continuam em estado considerado crítico, segundo o balanço mais recente das autoridades francesas. O condutor do camião foi abatido pela polícia.

As autoridades francesas já consideraram estar perante um atentado e o Presidente da França, François Hollande, anunciou o prolongamento por mais três meses do estado de emergência que vigora no país desde o ano passado.

A autoria do ataque ainda não foi reivindicada.

"Queremos também expressar a nossa solidariedade com a população da cidade de Nice, que foram extraordinários anfitriões do Euro 2016", remata a UEFA, que organizou o Campeonato da Europa, vencido por Portugal, no domingo, entre 10 de junho e 10 de julho.


Lusa

  • Corpos de portuguesas trasladados segunda-feira 
    1:27
  • Incendiários vão passar o verão com pulseira eletrónica

    País

    Os tribunais vão poder condenar os incendiários a penas de prisão domiciliária, com pulseira eletrónica, durante as épocas de incêndio. A nova lei foi aprovada na semana passada, na Assembleia da República, e aguarda a promulgação do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

  • Estado vai tomar posse de terras abandonadas

    País

    O Governo vai recorrer ao Código Civil para permitir que o Estado tome posse de terras ao abandono. À margem da entrevista ao Expresso, o primeiro-ministro anunciou que o Governo irá acionar o artigo 1345º do Código Civil, que estabelece que as coisas imóveis sem dono conhecido se consideram do património do Estado.

  • "Trump, deixe-me ajudá-lo a escrever o discurso"
    0:47

    Mundo

    Arnold Schwarzenegger diz que Donald Trump tem o dever moral de se opor ao ódio e ao racismo. Num vídeo publicado nas redes sociais, o ator norte-americano e antigo governador da Califórnia encenou o discurso que Donald Trump devia ter. 

  • Hino da SIC tocado pela viola beiroa
    2:22