sicnot

Perfil

Atentado em Nice

UEFA assume-se chocada com atentado

A UEFA assumiu-se hoje chocada com o atentado ocorrido na quinta-feira em Nice, que fez 84 mortos, apresentando as condolências às famílias da vítimas e a solidariedade com França.

Francois Mori

"A UEFA está chocada e profundamente triste com o atentado terrorista ocorrido ontem [na quinta-feira] em Nice. Queremos expressar a nossa solidariedade com a nação de França e as nossas sinceras condolências às famílias das vítimas", lê-se num comunicado que rege o futebol europeu.

Um camião atingiu na quinta-feira à noite uma multidão em Nice, França, na Promenade des Anglais, quando decorria um fogo de artifício para celebrar o dia de França.

O último balanço aponta para 84 mortos e uma centena de feridos, 18 dos quais continuam em estado considerado crítico, segundo o balanço mais recente das autoridades francesas. O condutor do camião foi abatido pela polícia.

As autoridades francesas já consideraram estar perante um atentado e o Presidente da França, François Hollande, anunciou o prolongamento por mais três meses do estado de emergência que vigora no país desde o ano passado.

A autoria do ataque ainda não foi reivindicada.

"Queremos também expressar a nossa solidariedade com a população da cidade de Nice, que foram extraordinários anfitriões do Euro 2016", remata a UEFA, que organizou o Campeonato da Europa, vencido por Portugal, no domingo, entre 10 de junho e 10 de julho.


Lusa

  • Dirigentes do GD Ribeirão acusados de auxílio à emigração ilegal
    1:34

    Desporto

    Oito dirigentes do Grupo Desportivo de Ribeirão, um clube de Vila Nova de Famalicão que fechou as portas em 2015, foram acusados pelo Ministério Público.Em causa, estão suspeitas de auxílio à emigração ilegal ou falsificação de documentos, relacionadas com transferências de jogadores estrangeiros em situação ilegal.

  • O primeiro eclipse solar do ano
    0:57
  • O Nokia 3310 está de volta
    1:16