sicnot

Perfil

Atentado em Nice

Autor do atentado em Nice tinha interesse "claro e recente" pelo radicalismo islâmico

O procurador de Paris, François Mollins, afirmou hoje que Mohamed Lahouaiej Bouhlel, que conduziu um camião contra a multidão em Nice (sudeste de França) na quinta-feira, tinha "um interesse claro e recente pelo movimento radical islâmico".

© Eric Gaillard / Reuters

O ataque na marginal de Nice, no qual morreram 84 pessoas, "foi premeditado", afirmou.

As investigações mostraram que o tunisino tinha pesquisado informação na Internet, entre 1 e 13 de julho, sobre os ataques terroristas em Orlando (Florida, Estados Unidos) e em Magnanville, nos arredores de Paris.

No computador de Bouhlel foram encontradas imagens violentas "relacionadas com o Islão radical", além de "pesquisas quase diárias sobre suratas do Alcorão e cânticos religiosos usados pelo Daesh como ferramenta de propaganda", indicou Mollins.

Bouhlel esteve na marginal em várias ocasiões e tirou várias fotografias no dia do ataque, acrescentou o procurador, indicando que o camião foi reservado no dia 4 de julho.

Na quinta-feira à noite, um camião avançou durante dois quilómetros sobre uma multidão na Promenade des Anglais (Passeio dos Ingleses), em Nice, que estava a assistir ao fogo-de-artifício para celebrar o dia de França.

O último balanço das autoridades francesas aponta para 84 mortos e 202 feridos. Pelo menos um cidadão português ficou ferido no ataque, confirmou o Governo.

O condutor do camião foi abatido pela polícia.

As autoridades francesas consideraram estar-se perante um atentado e o Presidente da França, François Hollande, anunciou o prolongamento por mais três meses do estado de emergência que vigora no país desde o ano passado.

O grupo extremista Daesh reclamou a autoria do atentado.


Lusa

  • Salgado impedido de sair do país e de contactar outros arguidos
    1:21

    Operação Marquês

    O ex-presidente do BES, Ricardo Salgado, ficou esta quarta-feira impedido de se ausentar para o estrangeiro sem autorização prévia e proibido de contactar com os arguidos da Operação Marquês, determinou o Tribunal Central de Instrução Criminal. O jornalista da SIC Luís Garriapa esteve no TCIC, onde deu a conhecer as medidas de coação, depois de uma "longa maratona de nove horas".

  • Temperatura global de 2016 foi a mais alta desde 1880

    Mundo

    A temperatura média na superfície terrestre e oceânica em 2016 foi a mais alta desde 1880, no terceiro ano consecutivo de recordes do aquecimento global, anunciou esta quarta-feira a agência dos Estados Unidos para a atmosfera e os oceanos.

  • CIA desvenda segredos de quase 50 anos de História

    Mundo

    A CIA publicou online quase 12 milhões de documentos confidenciais. Basta uma ligação à Internet para navegar por entre 50 anos de relatórios outrora secretos. Entre os milhões de páginas, estão documentos sobre um eventual assassínio de Fidel Castro, detalhes sobre os crimes de guerra nazis, relatórios sobre avistamentos de OVNI e um estudo sobre telepatia denominado "Projeto Star Gate".

  • Cadela sobrevive após engolir faca de cozinha

    Mundo

    Na Escócia, uma história de sobrevivência, no mínimo, bicuda. Uma cadela engoliu uma faca de cozinha com mais de 20 centímetros, manteve-a dentro de si durante algumas semanas mas sobreviveu, depois de ser operada de urgência..