sicnot

Perfil

Atentado em Nice

Twitter apaga rapidamente celebrações do ataque de Nice

O Twitter removeu rapidamente posts de extremistas islâmicos que glorificavam o ataque com um camião em Nice, afirma um grupo que monitoriza os conteúdos extremistas na Internet.

Richard Drew

Com o hashtag Nice em árabe, pelo menos 50 contas de Twitter aplaudiram o ataque perpetrado por um franco-tunisino, na passada sexta-feira, em Nice. De acordo com o Projeto Contra-Extremismo - um grupo privado que monitoriza e reporta conteúdo extremista online, muitas destas contas surgiram quase imediatamente após o ataque, glorificando-o.

O Twitter - que no passado defendeu a total liberdade de expressão nas redes sociais mas que recentemente reviu a sua política - agiu rapidamente e apagou em minutos os tweets pró-ataque.

"Foi a primeira vez que o Twitter reagiu tão eficazmente", declarou o Projeto Contra-Extremismo.

O Twitter, o Facebook e outras redes sociais têm feito esforços, nos últimos dois anos, no sentido de remover qualquer propaganda que viole os seus termos de utilização - esforços que surgem na sequência de um maior escrutínio do papel das redes sociais no encorajamento do extremismo.

  • Costa reafirma que entendimentos com BE e PCP são positivos
    0:34
  • Leão de Ouro de Souto de Moura faz "muito bem à alma" dos portugueses
    1:53
  • "Sonho com um futuro melhor", o desejo de um jovem sírio em Portugal
    2:12

    País

    Mais de 50 jovens sírios chegaram esta madrugada a Lisboa, para iniciarem o novo ano letivo, em Portugal. Sonham com um futuro melhor. Sonham com uma educação melhor. Os 54 estudantes vieram ao abrigo do programa lançado pelo antigo Presidente da República, Jorge Sampaio, que nos últimos anos já deu uma nova oportunidade a cerca de 200 alunos.

  • Na linha do triunfo
    16:49
  • Chamas do incêndio no Europa Park na Alemanha atingiram os 15 metros de altura
    0:57