sicnot

Perfil

Atentado em Nice

Atentado de Nice leva à redução de 20 a 30% no setor do turismo

O setor do turismo e as atividades paralelas registaram uma queda entre 20% e 30% como consequência do atentado de Nice, na passada quinta-feira, indicou hoje o ministro da Economia francês, Emmanuel Macron.

O ministro, que reuniu uma "célula de continuidade económica" com representantes dos principais setores económicos (comércio, turismo, hotelaria, restaurantes e atividades culturais), considerou que por agora não há sinais de "nada de crítico" e disse que há que vigiar a evolução nas próximas semanas.

Em declarações à imprensa, Macron afirmou que ainda não é possível dizer se estes primeiros efeitos vão perdurar e assinalou que houve alguns eventos cancelados pelos próprios organizadores.

A região da Côte d'Azur, no litoral sul, é o segundo centro de atração turística em França, depois de Paris.

Nice teve cerca de cinco milhões de visitantes em 2015, com um impacto de 1.500 milhões de euros, de acordo com o gabinete do turismo.

Lusa

  • Benefícios fiscais trouxeram a Portugal 10 mil estrangeiros em 2015

    Economia

    Os benefícios fiscais em Portugal atraíram mais de 10 mil estrangeiros no ano passado. A maioria vem com o estatuto de residente não habitual, que dá isenção total de IRS aos reformados por dez anos e 20% de isenção no imposto para profissionais que estiverem ligados a atividades de valor acrescentado como Psicologia, Investigação ou Medicina.

  • Trump e os jornalistas: uma relação (su)rreal
    2:08
  • Novo campo de refugiados construído em Mossul

    Mundo

    Um novo campo de refugiados foi construído em Mossul, no Iraque. Com cerca de 4 mil tendas, foi construído durante 45 dias para albergar os deslocados que se prevê que aumentem com a atual ofensiva militar na zona ocidental da cidade.