sicnot

Perfil

Atentado em Nice

Atentado de Nice leva à redução de 20 a 30% no setor do turismo

O setor do turismo e as atividades paralelas registaram uma queda entre 20% e 30% como consequência do atentado de Nice, na passada quinta-feira, indicou hoje o ministro da Economia francês, Emmanuel Macron.

O ministro, que reuniu uma "célula de continuidade económica" com representantes dos principais setores económicos (comércio, turismo, hotelaria, restaurantes e atividades culturais), considerou que por agora não há sinais de "nada de crítico" e disse que há que vigiar a evolução nas próximas semanas.

Em declarações à imprensa, Macron afirmou que ainda não é possível dizer se estes primeiros efeitos vão perdurar e assinalou que houve alguns eventos cancelados pelos próprios organizadores.

A região da Côte d'Azur, no litoral sul, é o segundo centro de atração turística em França, depois de Paris.

Nice teve cerca de cinco milhões de visitantes em 2015, com um impacto de 1.500 milhões de euros, de acordo com o gabinete do turismo.

Lusa

  • Cágado tratado com implante impresso em 3D
    2:26
  • Patrões não aceitam alterações ao acordo de concertação social
    2:25

    Economia

    As confederações patronais foram esta sexta-feira ao Palácio de Belém dizer ao Presidente da República que não aceitam que o Parlamento faça alterações ao acordo de concertação social. Os patrões dizem ainda ter esperança que o Parlamento não chumbe o decreto-lei que reduz a TSU das empresas com salários mínimos.