sicnot

Perfil

Autárquicas 2017

Sócrates já tinha prometido 30 novas estações de metro em 2009

Sócrates já tinha prometido 30 novas estações de metro em 2009

Assunção Cristas, presidente do CDS-PP e candidata à Câmara de Lisboa, quer mais estações de metro em Lisboa, mesmo sabendo que já não há tempo para pedir o dinheiro a Bruxelas. A ideia de anunciar novas estações, em período pré-eleitoral não é nova. O plano de Governo de José Sócrates anunciou 30 novas estações de metro dias antes das eleições autárquicas de 2009.

  • Cristas propõe 20 novas estações de metro em Lisboa
    1:45

    País

    O CDS-PP propôs 20 novas estações de metro em Lisboa. A proposta foi apresentada por Assunção Cristas durante o debate quinzenal desta quarta-feira no Parlamento. O primeiro-ministro aproveitou para lembrar que durante o mandato em que Cristas teve a tutela das cidades, o metro perdeu 10 milhões de utentes.

  • Cristas, o Metro e a credibilidade na política

    Opinião

    Vejamos o lado positivo. Finalmente ficámos a saber o que quer Assunção Cristas para Lisboa: mais 20 estações de metro. A líder do CDS e candidata à capital teve um sonho “faraónico”. O problema é que esse delírio “construtivo” fez-nos lembrar um pesadelo passado: o tempo das grandes obras.

  • Portugueses e espanhóis protestam em Salamanca contra mina de urânio
    0:38

    País

    O Bloco de esquerda desafia o Governo português a exigir às autoridades espanholas uma avaliação do impacto ambiental da mina de urânio a 40 quilómetros da fronteira portuguesa. Este caso está gerar contestação entre os ambientalistas. Várias associações portuguesas participaram este sábado numa manifestação em Salamanca. A Quercus diz-se preocupada com o impacto da mina de urânio no território português.

  • Assalto a Tancos e roubo de armas da PSP podem estar relacionados
    1:24

    País

    O assalto a Tancos e o roubo de três armas da PSP, recuperadas na semana passada, podem estar relacionados. O semanário Expresso avança hoje que há suspeitos de terem participado nos dois assaltos e o grupo, ou parte dele, atua principalmente do Algarve, com possíveis ligações a outras organizações espalhadas pelo país ou até transacionais.

  • As gravações que provam que as autoridades conheciam o perfil violento de Nikolas Cruz
    1:35