sicnot

Perfil

Avião desaparecido no Mediterrâneo

Português a bordo de avião desaparecido era responsável da Mota-Engil para África

Português a bordo de avião desaparecido era responsável da Mota-Engil para África

O português de 62 anos que seguia a bordo do avião da EgyptAir era um alto responsável da Mota Engil para o continente africano, com residência em Lisboa e Joanesburgo. As informações são avançadas pelo secretário de Estado das Comunidades, José Luís Carneiro, que já apresentou as condolências à família.

"Confirmamos que estava um português a bordo deste avião que caiu, com 62 anos, inscrito no consulado de Joanesburgo, mas com residência em Lisboa, tinha quatro filhos e era o responsável da Mota-Engil para os mercados africanos", adiantou José Luís Carneiro.

O secretário de Estado disse que já apresentou as condolências à família em nome do Ministério dos Negócios Estrangeiros (MNE) e do Governo português.

"Já tivemos a oportunidade de apresentar as nossas condolências à família. Já falei com a mulher em nome do MNE e do primeiro-ministro. O nosso gabinete de emergência consular já está a manter contactos com os nossos serviço consulares e diplomáticos em França e no Egito por forma a podermos dar o apoio necessário às diligências que se vão seguir caso se confirme a morte de todos os passageiros como o registo e a trasladação", declarou.

O secretário de Estado disse ainda que a empresa Mota-Engil já se mostrou disponível para custear as despesas que venham a ser reconhecidas como não estando cobertas pelo seguro.

Com Lusa

  • Mulher detida ao tentar atropelar polícias junto ao Capitólio, em Washington

    Mundo

    Agentes da polícia abriram fogo contra uma mulher (e não um homem, ao contrário do que inicialmente se disse) que conduzia um carro perto do Capitólio e tentava atropelá-los, segundo o Departamento da Polícia Metropolitana de Washington. A mulher foi detida mas a polícia garante que não se tratou de um ato terrorista.

  • A rã que brilha no escuro
    2:08
  • Indonésio encontrado dentro de cobra pitão

    Mundo

    Akbar Salubiro, de 25 anos, esteve perto de 24 horas desaparecido na remota ilha indonésia de Sulawesi. Acabou por ser encontrado um dia depois, no jardim da própria casa, dentro de uma pitão de 7 metros.