sicnot

Perfil

Avião desaparecido no Mediterrâneo

Avião desaparecido no Mediterrâneo

Avião desaparecido no Mediterrâneo

Encontrada segunda caixa negra do voo da EgyptAir

Foi encontrada a segunda caixa negra do voo 804 da EgyptAir que se despenhou o Mar Mediterrâneo a 19 de maio, anunciaram hoje os investigadores egípcios.

© Yannis Behrakis / Reuters

O Flight Data Recorder, FDR, o gravador que regista todos os dados do voo, "foi recuperado em vários pedaços" mas as equipas conseguiram recuperar "a parte mais importante, que contém a memória do aparelho", anunciou hoje em comunicado a comissão egípcia que faz a investigação ao acidente, um dia depois de anunciar a recuperação da primeira caixa negra - CVR, Cockpit Voice Recorder.

De acordo com as normas em vigor, um avião comercial possui duas "caixas negras": FDR (Flight Data Recorder) e CVR (Cockpit Voice Recorder).

O gravador FDR regista, a cada segundo, todos os parâmetros técnicos ao longo de 25 horas de voo, como a velocidade, a altitude, a trajetória, entre outros.

O CVR guarda os diálogos na cabine de comando, mas também os sons e anúncios ouvidos no local. Uma análise aprofundada permite conhecer o regime dos motores.

Estes gravadores, introduzidos na aviação a partir da década de 1960, encontram-se no interior de caixas metálicas reforçadas, concebidas para resistir a choques extremamente violentos, fogo intenso e longa imersão em águas profundas.

Ao contrário do que o nome indica, as "caixas negras" são cor de laranja com bandas brancas refletoras.

  • Braga perde com Shakhtar e fica fora dos 16 avos de final da Liga Europa
    3:16
  • Ronaldo não está preocupado com repercussões de eventual fuga fiscal
    1:30

    Football Leaks

    Cristiano Ronaldo diz que quem não deve não teme. O avançado português não se mostra preocupado com as notícias que revelam que o jogador não terá declarado os rendimentos da publicidade ao fisco espanhol. Fontes do Ministério das Finanças do país vizinho confirmaram ao jornal El Mundo que o português está a ser investigado há ano e meio.

  • Cerca de 150 civis doentes retirados de Alepo

    Mundo

    Cerca de 150 civis, a maioria doentes ou deficientes, foram retirados na noite de quarta-feira para quinta-feira de um centro de saúde de Aleppo, na parte mais antiga da cidade tomada pelo exército sírio, anunciou a Cruz Vermelha internacional.

  • Dissolução da União Soviética aconteceu há 25 anos

    Mundo

    Assinalam-se esta quinta-feira 25 anos desde o fim do acordo que sustentava a União Soviética. A crise começou em 80, mas aprofundou-se nos anos 90 com a ascensão de movimentos nacionalistas em praticamente todas as repúblicas soviéticas.