sicnot

Perfil

Banif

Banif

Banif

António Costa reconhece "quadro ultralimitado" para Banif

O primeiro-ministro reconheceu hoje o "quadro ultralimitado" do Governo para enfrentar o problema no Banif mas garantiu que vai "fazer tudo junto das instituições europeias" para assegurar que a perda para os contribuintes "seja a menor possível".

MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

Em resposta a uma pergunta da porta-voz do Bloco de Esquerda (BE), Catarina Martins, no debate quinzenal no Parlamento, António Costa lembrou que o Banif "está neste momento num processo de alienação e só nos termos da avaliação das propostas" se poderá saber "qual o impacto que o processo terá relativamente às contas públicas".

Contudo, o ressalvou: "Neste momento, e relativamente aos depositantes do Banif, independentemente do montante, ninguém tem razões para ter intranquilidade".

Já sobre os contribuintes portugueses, essa garantia não pode ser dada, reconheceu António Costa.

Com Lusa

  • Governo admite subir preço da água para promover a poupança
    3:48

    Economia

    O Governo admite aumentar o preço da água para promover a poupança, numa altura em que o país está em seca extrema. Contudo, a eficácia da medida está comprometida pelo menos no imediato. Qualquer mexida no preço só poderá acontecer em 2019 porque as tarifas do próximo ano já estão decididas.

  • Comprar um carro em segunda mão sem ser enganado 
    8:44
  • Cobra encontrada em comboio na Indonésia
    0:26

    Mundo

    Um passageiro usou as próprias mãos para retirar uma cobra que estava dentro de um comboio em Jacarta, na Indonésia. O vídeo foi gravado por um passageiro na passada terça-feira, 21 de novembro. A cobra estava na parte de cima da carruagem. Algumas testemunhas dizem que o réptil escapou da bagagem de um dos passageiros.

  • Pense bem antes de beijar um colega

    Mundo

    O tribunal da província espanhola de Huesca aceitou o pedido de indemnização de uma mulher que foi vítima de assédio sexual por parte de um colega de trabalho. A mulher terá pedido boleia ao colega que, dentro do carro, lhe passou a mão pelas pernas, mas não ficou por aí.

    SIC