sicnot

Perfil

Banif

Banif vendido por 150 milhões ao Santander

Banif vendido por 150 milhões ao Santander

O Banif foi vendido ao Santander por 150 milhões de euros. Mas a venda só foi possível com a aplicação de uma medida de resolução, tal como aconteceu ao BES há menos de um ano e meio. A operação deixa protegidos os depositantes, mas envolve um apoio público superior a 2 mil milhões de euros que leva hoje o governo a discutir num conselho de ministros extraordinário a aprovação de um orçamento retificativo.

No total, a operação envolve um apoio público estimado em mais de 2 mil milhões de euros, 489 milhões via Fundo de Resolução e outros 1766 diretamente injetados pelo Estado.

Os depósitos são todos garantidos, tal como as obrigações seniores. Já as posições acionistas e os créditos subordinados ficam no Banif, o banco mau.

Num comunicado sobre a solução tomada, o Banco de Portugal explica ainda que os clientes do Banif passam agora a ser clientes do Santader e que o mesmo acontece a toda a rede de balcões.

  • Confirmada prisão dos portugueses que gravaram nome no portão de Auschwitz

    Mundo

    Dois adolescentes católicos portugueses foram condenados a um ano de prisão com pena suspensa, por terem gravado os nomes na porta da entrada principal de Auschwitz-Birkenau. O tribunal de primeira instância de Oswiecim já tinha condenado os jovens e o tribunal de Cracóvia confirmou esta quarta-feira a pena aplicada.

  • Temer pode cair menos de um ano depois da queda de Dilma
    3:06
  • Imagens do resgate de crianças feridas num bombardeamento na Síria
    2:00

    Mundo

    Os Estados Unidos acusam o regime sírio de estar a preparar um novo ataque químico e avisam Bashar al-Assad que vai pagar caro se o concretizar. No terreno, os ataques aéreos continuam a fazer vítimas civis. Da periferia de Damasco chegam imagens dramáticas do resgate de duas crianças feridas num bombardeamento.

  • Quem é a mulher que diz ser filha de Salvador Dalí

    Cultura

    Maria Pilar Abel Martínez nasceu em 1956 e será o alegado fruto de um caso entre a sua mãe e Salvador Dalí. Um tribunal de Madrid ordenou a exumação do cadáver do pintor e a obtenção de amostras, de modo a determinar se a mulher espanhola é mesmo filha de Dalí.