sicnot

Perfil

Banif

Banif

Banif

CDS-PP anuncia voto contra ao Orçamento Retificativo

O deputado do CDS-PP João Almeida anunciou hoje que os centristas votarão contra o Orçamento Retificativo, argumentando que não é aceitável que os contribuintes sejam chamados a pagar a solução para o Banif.

TIAGO PETINGA/ LUSA

Numa intervenção na Assembleia da República, João Almeida argumentou que o PS agiu neste caso como no BPN, chamando "a responder em primeiro lugar os contribuintes", ao passo que PSD e CDS-PP, no caso do BES, chamaram a responder em primeiro lugar o sistema financeiro.

João Almeida defendeu também que a decisão do Governo e do Banco de Portugal de vender o Banif ao Santander Totta resultou de uma fuga de informação, numa referência a uma notícia avançada pela TVI há duas semanas.

"Esta decisão não tinha de ser tomada agora, não tendo existido a fuga de informação que existiu", afirmou o deputado centrista.

A discussão e votação do retificativo foi agendada para hoje depois do anúncio no domingo pelo Governo e o Banco de Portugal da venda do Banif ao Banco Santander Totta, por um valor de 150 milhões de euros, no âmbito da medida de resolução aplicada ao banco cuja maioria do capital pertencia ao Estado português, de forma a impedir a sua liquidação, numa operação que envolve um apoio público estimado em 2.255 milhões de euros.

Lusa

  • "Michel Temer nunca teve vergonha, não tem cara de pessoa de bem"
    3:04

    Opinião

    Miguel Sousa Tavares analisou no habitual espaço de comentário do Jornal da Noite  da SIC, o escândalo com o Presidente do Brasil, Michael Temer. O comentador diz que já era previsível que Temer fosse apanhado com "o pé na poça" e afirma que o Presidente brasileiro nunca teve qualquer tipo de vergonha. Miguel Sousa Tavares fez ainda referência ao facto de Dilma Rousseff ser, entre todos os políticos brasileiros, a única que não tem processos contra ela.

    Miguel Sousa Tavares

  • O que muda com a saída do Procedimento por Défice Excessivo?
    2:10
  • Julgamento do caso BPN deverá terminar quarta-feira
    4:38

    Economia

    O acórdão do processo principal do BPN vai ser tornado público esta quarta-feira, depois de quase sete anos de audições. O rosto principal é o de José Oliveira Costa mas há outros 14 arguidos sentados no banco dos réus.

  • Marcelo opta pelo silêncio sobre a eutanásia
    1:09

    Eutanásia

    Marcelo Rebelo de Sousa diz que só tomará uma posição sobre a eutanásia quando o diploma chegar a Belém. O chefe de Estado garante que vai ficar em silêncio, para não condicionar o debate e também "para ficar de mãos livres para decidir".