sicnot

Perfil

Banif

Santander Totta rejeita qualquer favorecimento na compra do Banif

Santander Totta rejeita qualquer favorecimento na compra do Banif

O presidente do Santander Totta garante que o banco não foi beneficiado nem pela Comissão Europeia nem pelo Banco de Portugal na compra do Banif. O banco pagou 150 milhões de euros e António Vieira Monteiro admite que fez um bom negócio. O grupo Santander avalia agora o banco em 283 milhões de euros, um valor bem acima do que pagou. O Presidente do Santander Totta diz que ainda é cedo para anunciar se vai concorrer à compra do ex-BES.

  • PSD diz que é preciso avançar com comissão de inquérito ao Banif
    0:42

    Banif

    O PSD diz que é importante esclarecer tudo o que se passou com o Banif, desde o início, e daí a necessidade de avançar com a comissão de inquérito e com uma auditoria externa ao banco. Leitão Amaro defende que os portugueses têm de perceber porque é que o Banco de Portugal e o Governo fizeram as escolhas que fizeram.

  • Centeno rejeita que fosse possível poupar mil milhões no caso Banif
    1:12

    Banif

    O ministro das Finanças, Mário Centeno, fez um desmentido depois de ter sido revelado que o Estado pouparia mil milhões de euros se o Governo tivesse seguido as novas medidas do Banco Central Europeu (BCE) e tivesse implicado os grandes depositantes no estrangeiro e os detentores de dívida sénior na solução encontrada para o BANIF. O Governo nega que fosse possível poupar tanto dinheiro e acrescenta que essa solução iria pôr em causa as poupanças de uma vida de muitos emigrantes que confiaram no banco.

  • PSD e CDS assinalam 36º aniversário da morte de Francisco Sá Carneiro
    1:38

    País

    O presidente do PSD deixou críticas ao Partido Comunista, este domingo, a propósito do aniversário da morte de Francisco Sá Carneiro. Pedro Passos Coelho lembrou os festejos dos comunistas na altura, numa resposta a quem questionou a abstenção dos sociais-democratas ao voto de pesar a Fidel Castro, que o PCP levou ao Parlamento. Este domingo, tanto o PSD como o CDS-PP prestaram homenagem a Sá Carneiro e Adelino Amaro da Costa.