sicnot

Perfil

Banif

Banif

Banif

Centeno prestou "depoimento falso" e tem de voltar à comissão, acusa PSD

O PSD acusou hoje o ministro das Finanças de prestar "um depoimento falso" na comissão de inquérito do Banif sobre o seu papel na venda ao Santander Totta, e vai requerer hoje o regresso do governante à comissão.

MANUEL DE ALMEIDA

Os sociais-democratas, através dos deputados Luís Marques Guedes e Carlos Abreu Amorim, apresentaram hoje aos jornalistas um email "cujo conteúdo põe frontalmente em causa o depoimento" do ministro Mário Centeno na comissão de inquérito, onde foi ouvido na semana passada.

Em causa está uma missiva de Danièle Nouy, presidente do Conselho de Supervisão do Banco Central Europeu (BCE), onde - no sábado, 19 de dezembro, pela manhã - esta diz ter recebido chamadas de Centeno e do vice-presidente do BCE, Vítor Constâncio, pedindo para o BCE "desbloquear a oferta do Santander junto da Comissão Europeia".

"A ser assim", diz o PSD, tanto Centeno como Constâncio, "provavelmente concertados, não o sabemos", pediram ao BCE uma "intervenção de amaciamento dos serviços da Comissão Europeia (presume-se que a DG Comp), para aceitarem a entrega do Banif ao Santander".

A decisão sobre a resolução do banco e venda ao Santander Totta deu-se nessa tarde de sábado, e o anúncio da mesma seria feito no dia seguinte, domingo (20 de dezembro).

"Afinal o Governo português fez força para que o Banif fosse entregue ao Santander? Concertou essa iniciativa com o doutor Vítor Constâncio? Porquê o Santander?", interrogou Marques Guedes, um dos deputados do PSD na comissão de inquérito.

O parlamentar falava em conferência de imprensa tida no parlamento esta tarde, e onde estavam presentes a grande maioria dos deputados do PSD com assento na comissão de inquérito ao Banif.

O PSD mostrou aos jornalistas alguns trechos em vídeo de intervenções de Centeno: "Eu nunca intervim no processo de venda nessa dimensão que está, acho eu, a sugerir", diz a certa altura o ministro numa resposta ao deputado do PSD Miguel Morgado aquando da audição no parlamento na semana passada.

O PSD quer agora com "máxima urgência" ouvir de novo o titular da pasta das Finanças e diz que não tira "conclusões" sobre as palavras do mesmo "antes da verificação dos factos", o que tem de suceder na comissão de inquérito.

Última atualização às 18:05/Lusa

  • Carlos Costa terá sugerido corte de financiamento ao Banif
    1:39

    Banif

    O Banco de Portugal é que terá sugerido ao Banco Central Europeu que cortasse o financiamento ao Banif. A SIC teve acesso a um documento enviado à Comissão de Inquérito que mostra que foi a equipa de Carlos Costa a sugerir a decisão que precipitou o fim do Banif.

  • Negócios do fogo
    22:00
  • "Não podemos gastar o dinheiro e depois os filhos e os netos é que pagam"
    2:05

    Opinião

    Miguel Sousa Tavares analisou esta segunda-feira, no habitual espaço de comentário no Jornal da Noite, o reembolso antecipado ao FMI. O comentador da SIC defendeu que seria mais vantajoso se Portugal reembolsasse mais depressa, antes da subida das taxas de juro. Miguel Sousa Tavares considerou ainda que o reembolso da dívida é uma boa notícia, pois seria "desleal" deixar a dívida para "os filhos e os netos" pagarem.

    Miguel Sousa Tavares

  • Os efeitos da tempestade Ana em Portugal
    1:43
  • Porque têm as tempestades nomes?
    0:49

    País

    As tempestades passaram a ter um nome, partilhado pelos serviços de meteorologia de Portugal, França e Espanha. Nuno Moreira, chefe de divisão de previsão meteorológica do IPMA, foi convidado da Edição da Noite da SIC Notícias para explicar que este método é também uma forma de sinalizar a dimensão das tempestades.

  • Fortes nevões no norte da Europa
    0:59

    Mundo

    A tempestade Ana não causou apenas estragos em Portugal, mas também na Galiza, com a queda de árvores e cheias nas zonas ribeirinhas. No norte da Europa, as baixas temperaturas provocaram fortes nevões e paralisaram a Grã-Bretanha, com voos cancelados, escolas fechadas e estradas cortadas.

  • "De repente ele estava em cima de mim a beijar-me e a apalpar-me"
    2:43