sicnot

Perfil

Banif

Banif

Banif

Vice-governador do BdP diz que más escolhas da gestão levaram à queda do Banif

O vice-governador do Banco de Portugal (BdP), Pedro Duarte Neves, considerou hoje, no parlamento, que o Banif tinha em 2012 uma "boa base de partida", tendo caído devido a "más escolhas da gestão".

"O Banif foi um banco desperdiçado. Em 2012 tinha uma boa base de partida e caiu devido a más escolhas da gestão", afirmou o mesmo responsável durante a sua audição na comissão parlamentar de inquérito ao Banif, que está a decorrer.

Confrontado com as declarações feitas anteriormente nesta comissão por Jorge Tomé, presidente executivo do Banif, e António Varela, representante do Estado na administração do banco, que tinham dito que a situação da instituição já era "péssima" em 2012, Duarte Neves jogou ao ataque.

"Ninguém disse ao BdP que o Banif era um banco com imensos problemas. Nem o Conselho de Administração, nem os administradores, nem o órgão de fiscalização, nem o administrador nomeado pelo Estado", realçou.

Pedro Duarte Neves assinalou ainda que "houve uma sucessão de planos [de reestruturação] que acabaram por não ser aprovados", admitindo que "isso é uma coisa que podia ter corrido melhor".

Lusa

  • Banif faz disparar o défice para 4%
    2:10

    Banif

    O buraco nas contas públicas fica nos 4,4% por causa da resolução do Banif e o Eurostat diz que sem contar com o banco o défice seria de 3%. Agora, resta à Comissão Europeia decidir se inclui ou não o Banif no défice. O ministro das Finanças, Mário Centeno, já disse que vai negociar com Bruxelas e que espera que o banco não seja inlcuído nas contas.

  • Centeno lamenta forma como está a ser feita a oposição e reafirma que não mentiu no Parlamento
    0:24

    Economia

    Em resposta ao pedido do PSD para que o Ministério Público avalie as declarações do ministro das Finanças no Parlamento, sobre o caso Banif, Mário Centeno reafirma que não mentiu e lamenta que a oposição esteja a agir desta forma. "Não incorri em nenhuma falsidade e compreendo que a oposição tenha de fazer o seu trabalho. Mas não compreendo que a oposição faça o seu trabalho nesses moldes", disse o ministro.

  • "O bom senso obriga a acordo para a estabilização do sistema financeiro"
    2:06

    Economia

    O Presidente da República disse esta quarta-feira que "o bom senso obriga a que todos estejam de acordo para a estabilização do sistema financeiro". Num aparente recado a Passos Coelho, Marcelo apelou a um consenso de regime e avisou que "não há prazer tático que justifique o desgaste" provocado pelas divisões atuais.

  • Uma alternativa aos serviços de enfermagem ao domicílio
    7:34
  • Familiares de vítimas procuram destroços do MH370
    1:48

    Voo MH370

    Um grupo de familiares das vítimas do avião das linhas aéreas da Malásia, desaparecido em 2014, procuram destroços do aparelho em Madagáscar. As autoridades malaias estudam a posssibilidade de uma nova operação de buscas.

  • Primeiro-ministro em lágrimas ao reencontrar refugiado que recebeu no Canadá em 2015

    Mundo

    Justin Trudeau desfez-se em lágrimas no reencontro com um refugiado sírio, que ele recebeu no Canadá em 2015. No ano passado, Trudeau recebeu pessoalmente os refugiados no aeroporto, onde foi visto a entregar casacos de inverno aos migrantes. Esta segunda-feira, o primeiro-ministro conheceu algumas das famílias que se estabeleceram no país, numa reunião filmada pela emissora canadiana CBC.