sicnot

Perfil

Banif

Banif

Banif

Funcionários do Banif na Madeira pressionados para rescindir contratos

O partido Juntos Pelo Povo (JPP) na Madeira afirmou hoje ter recebido "denúncias" que os funcionários das agências do anterior Banif estão a ser confrontados com a rescisão dos contratos de trabalho.

© Rafael Marchante / Reuters

"O Santander Totta está a pressionar para rescisão de contratos os funcionários do antigo Banif", diz o JPP num comunicado enviado à agência Lusa

No mesmo documento, o JPP declara estar "consideravelmente preocupado com as denúncias que tem recebido no dia de hoje, relativamente à política de gestão de recursos humanos do Banco Santander Totta, que esta semana se encontra na Madeira a convocar os funcionárias das agência anteriores do BANIF".

Na nota, adianta que a situação "está a assumir contornos de elevada pressão aos funcionários, que estão a ser confrontados com a rescisão de contratos, contrariando aquilo que o JPP chegou a alertar em dezembro último, e que os responsáveis políticos das regiões autónomas dos Açores e da Madeira afirmaram no início do ano".

Este movimento de cidadãos na Madeira, que se tornou partido e tem um grupo parlamentar composto por cinco deputados na Assembleia Legislativa do arquipélago, sublinha estar "apreensivo com esta situação", mencionando que já solicitou "explicações concretas acerca deste processo" à direção do banco, ao presidente do executivo madeirense e ao primeiro-ministro.

O JPP recorda que o chefe do executivo da Madeira, o social-democrata Miguel Albuquerque, assegurou, em janeiro, "ter desenvolvido todas as diligências no sentido a manter os postos de trabalho".

"O JPP aguarda, para já, as respostas da entidade de gestão do banco e dos órgãos executivos da Região e do Continente", conclui o comunicado do Juntos Pelo Povo.

A TVI noticiou em 13 de dezembro de 2015 (um domingo à noite) que o Banif ia ser alvo de uma medida de resolução. A notícia terá precipitado a corrida aos depósitos, cuja fuga foi próxima de mil milhões de euros na semana seguinte, segundo o ex-presidente executivo do Banif, Jorge Tomé.

A 20 de dezembro de 2015, num domingo, o Governo e o Banco de Portugal anunciaram a resolução do Banif, com a venda de parte da atividade bancária ao Santander Totta, por 150 milhões de euros, e a transferência de outros ativos - incluindo tóxicos- para uma nova sociedade veículo.

Lusa

  • "Joguem à bola"
    1:35

    Desporto

    Cerca de uma centena de adeptos do Sporting esperaram até perto das 3:00 pela chegada da equipa ao estádio de Alvalade. Depois da eliminação da Taça de Portugal, em Chaves, foi necessário o reforço policial para garantir a segurança da comitiva leonina.

  • Oposição diz que défice abaixo dos 2,3% se deve ao aumento de impostos
    2:24

    Economia

    O défice de 2016 vai ficar abaixo dos 2,3%, uma garantia dada pelo primeiro-ministro durante o debate quinzenal desta terça-feira. A oposição diz que o resultado é bom para o país mas que se deve a um aumento de impostos, feito pelo Governo no ano passado, e ao trabalho do PSD e do CDS nos anos anteriores.

  • Putin sai em defesa de Trump
    2:29

    Mundo

    Vladimir Putin já saiu em defesa de Donald Trump e diz que houve uma tentativa de minar o Presidente eleito dos Estados Unidos, através de um alegado relatório, atribuido à espionagem russa. Putin diz que o relatório é falso.