sicnot

Perfil

Banif

Banif

Banif

Antigo presidente do Banif diz que morte de Horácio Roque foi uma "fatalidade terrível" para o banco

Um antigo presidente do Banif defende que se Horácio Roque ainda fosse vivo, o banco não teria acabado como acabou. Numa audição em que a captação de imagens foi proibida a pedido do inquirido, Carlos Duarte de Almeida disse que morte do histórico fundador foi uma "fatalidade terrível".

Horácio Roque

Horácio Roque

O presidente do Banif em 2010 e 2011 admitiu que o banco cometeu alguns exageros nomedamente durante aquilo a que chamou a "euforia" do setor imobiliário.

Quanto aos problemas do banco, diz que um dos maiores foi, depois de vários anos a crescer, não saber parar e consolidar enquanto era tempo.

Durante os anos em que liderou o banco, o antecessor de Jorge Tomé considerou ainda "ridículas" as propostas que recebeu para a venda do Banif.

  • Pagar IMI a prestações e um Documento Único Automóvel mais pequeno

    País

    O programa Simplex + 2017 é apresentado hoje à tarde e recebeu mais de 250 propostas de cidadãos ao longo dos últimos meses. As novas medidas preveem o pagamento em prestações do Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) e a criação de um simulador de custos da Justiça, que devem estar em vigor no próximo ano.

  • Cinco anos depois do incêndio na Serra do Caldeirão
    5:24
  • Destaques económicos que marcaram a semana
    2:03

    Economia

    A semana ficou marcada pela tragédia provocada pelos incêndios no centro do país. No entanto importa olhar para o que se passou noutras áreas e fazer um resumo das notícias relacionadas com a economia. 

  • "Toda a gente merece direitos iguais"
    0:14

    Mundo

    A polícia de Istambul montou cordões de segurança para dispersar a multidão que se juntou para a Marcha do Orgulho Gay, este domingo. O Governo proibiu a marcha por considerar que representa um risco para a segurança pública. Uma das ativistas fala numa decisão sem sentido, e diz que todas as pessoas merecem direitos iguais.

  • "Ela veio lá de fora e começou a atropelar as pessoas"
    0:43

    Mundo

    O atropelamento deste sábado em Newcastle, no Reino Unido, provocou pelo menos seis feridos. No local, as pessoas relatam momentos de pânico. Uma testemunha afirma que a condutora nunca perdeu o controlo do carro e que dirigiu intencionalmente contra a multidão.