sicnot

Perfil

Banif

Banif

Banif

Santander lança emissão obrigacionista destinada a lesados do Banif

O Santander Totta lançou hoje uma emissão de obrigações subordinadas a 10 anos com um juro de 7,5% destinadas aos clientes com obrigações subordinadas do Banif, que ficaram no banco mau e que por isso poderão não reaver o investimento feito.

EDUARDO COSTA

Em maio, a Lusa tinha escrito que o Santander Totta estava a tentar encontrar uma solução para compensar, pelo menos parcialmente, o investimento feito pelos obrigacionistas subordinados do Banif, que com a falência do banco são dos credores menos protegidos. Em causa estão cerca de 263 milhões de euros.

Em comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), em que informa sobre esta oferta pública, o Santander Totta explica que os títulos de dívida têm como maturidade outubro de 2026 e pagam uma taxa anual fixa de 7,5%.

O período de subscrição desta oferta começa a 1 de julho e termina a 30 de setembro e o valor nominal global máximo é de 205 milhões de euros, sendo que se o valor ficar abaixo a oferta continua válida.

Os clientes que investiram em obrigações subordinadas do Banif, mesmo que invistam agora nesta emissão do Santander Totta, não perdem direitos sobre as obrigações subordinadas que subscreveram do banco fundado por Horácio Roque.

Por exemplo, um cliente que investiu 100 mil euros em obrigações subordinadas do Banif continua a ter um crédito sobre esta entidade, enquanto não for reembolsado.

Com a proposta agora apresentada, este cliente pode fazer um novo investimento (no montante máximo do que tinha aplicado em obrigações Banif) mas agora em obrigações subordinadas do Santander Totta. Caso decida investir novamente 100 mil euros, deverá ir buscar o total de 175 mil euros no fim dos 10 anos. Ou seja, há sempre uma perda, mas o investimento inicial é parcialmente compensado.

A 20 de dezembro do ano passado, o Governo e o Banco de Portugal anunciaram a resolução do Banif com a venda da atividade bancária ao Santander Totta por 150 milhões de euros e a criação da sociedade-veículo Oitante para a qual foram transferidos os ativos que o Totta não quis comprar.

Com a aquisição de parte do Banif, o Totta ficou também com a responsabilidade pelo pagamento de obrigações emitidas por aquele banco, como as hipotecárias ou não subordinadas.

No entanto, as obrigações subordinadas, que estão menos protegidas, continuaram no Banif S.A., pelo que esses investidores deverão ter muita dificuldade em reaver o dinheiro colo tendo em conta a situação financeira desta entidade.

No comunicado hoje divulgado, em que dá conta desta emissão de dívida, o Santander Totta diz que é "alheio a qualquer responsabilidade relativa às obrigações subordinadas emitidas pelo Banif, entidade que permanece com a responsabilidade do respetivo pagamento", mas que desde a medida de resolução aplicada ao Banif vem "analisando potenciais medidas a apresentar aos seus clientes que subscreveram obrigações subordinadas Banif (...) com vista exclusivamente a fomentar a preservação e consolidação da relação bancária com estes clientes, intenção essa que desde logo tornou pública".

O Santander Totta diz que, com esta emissão, os clientes que invistam nestas obrigações irão ter "um rendimento a prazo equivalente a cerca de 75% do valor investido pelos clientes que subscreveram obrigações subordinadas do Banif", e que esta emissão representa "um esforço total de 150 milhões de euros" ao banco.

Lusa

  • Bernardo Silva no Manchester City

    Desporto

    O internacional português Bernardo Silva é o mais recente reforço do Manchester City, equipa inglesa treinada por Pep Guardiola, num contrato válido por cinco temporadas.

    SIC

  • Marco Silva vai treinar o Watford

    Desporto

    O treinador português Marco Silva assinou contrato com o Watford, da Liga Inglesa. O emblema que terminou a última Premier League na 17ª posição, a última antes dos lugares de descida, ganhou assim a corrida ao Crystal Palace e ao FC Porto, que também tentaram contratar o técnico.

  • Sérgio Conceição no radar do FC Porto

    Desporto

    O treinador português e os seus representantes têm marcada para esta sexta-feira uma reunião decisiva com o FC Porto. Sérgio Conceição poderá ser o sucessor de Nuno Espírito Santo no comando técnico dos dragões.

  • "A maior conquista foi construir estabilidade"
    2:14

    Economia

    António Costa voltou esta sexta-feira a garantir que a partir de junho nenhum subsídio de desemprego será inferior a 421 euros por mês. O primeiro-ministro falava nas jornadas parlamentares do PS, onde afirmou que a estabilidade é a maior conquista deste Governo.

  • Com a multiplicação de bons indicadores económicos e financeiros do país, multiplicam-se os elogios ao Governo e declaram-se mortas e enterradas as políticas do passado recente, nomeadamente a da austeridade. Nada mais errado. O que os bons resultados agora alcançados provam definitivamente é que a austeridade resolveu de facto os problemas das contas públicas e, mas do que isso, contribuiu para o crescimento económico que foi garantido por reformas estruturais e pela reorientação do modelo económico.

    José Gomes Ferreira

  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14
  • Portugal pode ser atingido por longos períodos de seca

    País

    Portugal e Espanha podem ser atingidos até 2100 por 'megasecas', períodos de seca de dez ou mais anos, segundo os piores cenários traçados num estudo da universidade britânica Newcastle, que tem a participação de uma investigadora portuguesa.

  • EUA testam sistema de defesa antimíssil

    Mundo

    Os Estados Unidos realizam na próxima semana um teste ao seu sistema de defesa antimíssil que, pela primeira vez, terá em consideração uma eventual ameaça de um míssil balístico intercontinental, ação que terá em mente as recentes ameaças norte-coreanas.

  • Cão interrompe jornal em direto
    1:00

    Pequenas grandes histórias

    Aconteceu na Rússia, na estação de televisão Mir24 TV. A pivô, Ilona Linarte, viveu um momento insólito, no estúdio, quando apresentava o jornal. Um cão de raça labrador preto apareceu atrás dela aos saltos. A pivô foi apanhada de surpresa e reagiu com humor.