sicnot

Perfil

Benfica Campeão

Benfica Campeão

Benfica Campeão 2014/2015

Filhos de adepto do Benfica agredido vão receber taça de campeão

Os filhos do adepto agredido por um agente da Polícia de Segurança Pública (PSP) em Guimarães vão receber o troféu de campeão nacional de futebol, conquistado pelo Benfica, após um convite do presidente do clube 'encarnado'.

Delfim Machado

Fonte oficial do Benfica disse hoje à agência Lusa que o presidente do emblema das 'aguias', Luís Filipe Vieira, já contactou o adepto e convidou-o a assistir ao jogo de consagração, frente ao Marítimo, no Estádio da Luz, em Lisboa.

Além deste convite, segundo a mesma fonte, Vieira convidou também os dois filhos de José Magalhães a subirem ao relvado do palco 'encarnado', para receberem o troféu referente ao 34.º título de campeão nacional.

No domingo, depois do empate 0-0 entre Benfica e Vitória de Guimarães, da 33.ª jornada da I Liga, no Estádio D. Afonso Henriques, em Guimarães, dois homens, pai e filho, acompanhados de duas crianças, foram agredidos por um agente da PSP, numa ação captada pela reportagem da Correio da Manhã TV (CMTV).

A PSP já anunciou a abertura de um inquérito disciplinar ao agente, o Ministério da Administração Interna vai abrir um inquérito à ação policial durante os festejos da conquista 'encarnada', enquanto José Magalhães revelou a sua intenção de processar o polícia, após ter sido ouvido por um juiz do Tribunal Judicial de Guimarães.











Lusa
  • Caixa multibanco assaltada em Portugal a cada dois dias
    2:43

    País

    O semanário Expresso conta que a mulher que morreu vítima de um disparo de agentes da PSP foi atingida pelas costas. O caso está a ser investigado pela PJ, que procura encaixar as peças da noite que acabou com uma morte inocente mas que começou com uma perseguição a um grupo de assaltantes de um multibanco. Assaltos que são cada vez mais comuns e que preocupam o Governo. A cada dois dias, uma caixa é assaltada.

  • Metro de Lisboa vai reduzir consumo de água

    País

    O Metro de Lisboa colocou em prática um programa para reduzir o consumo de água devido à situação de seca em Portugal, respondendo assim ao apelo do Ministério do Ambiente, segundo um comunicado divulgado este sábado.