sicnot

Perfil

Benfica Campeão

Benfica Campeão

Benfica Campeão 2014/2015

Vários feridos após incidentes durante os festejos do título do Benfica

O subcomissário da Polícia de Segurança Pública (PSP) Hugo Abreu disse hoje que os incidentes durante os festejos da conquista do campeonato de futebol do Benfica tiveram início no "interior da multidão" e que "há vários feridos".

Lusa

"O foco de desordem iniciou-se no interior da multidão. A polícia teve de intervir. Houve arremesso de garrafas e de pedras contra a polícia", afirmou Hugo Abreu, em declarações prestadas à SIC, na Praça do Marquês do Pombal, em Lisboa.

O responsável da PSP referiu que "ainda não foi contabilizado o número de feridos", embora revelando que "há adeptos do Benfica e elementos da PSP feridos".

Por outro lado, o subcomissário não quis revelar quais as medidas que a PSP está a tomar, limitando-se a dizer que as forças de segurança estão "a tentar cessar a ameaça".

Incidentes na Praça Marquês de Pombal em Lisboa, entre adeptos e a polícia, mancharam os festejos do bicampeonato português de futebol por parte do Benfica, provocando alguns feridos.

Numa altura em que milhares de adeptos festejavam com a equipa o 34.º título nacional dos 'encarnados', registaram-se escaramuças que levaram à atuação da PSP, nomeadamente do corpo de intervenção, contra os quais foram arremessadas garrafas, pedras e outros objetos.

Na sequência dos incidentes, grande parte do Marquês de Pombal foi inicialmente evacuada, mas os incidentes continuaram e as celebrações do título praticamente terminaram aí, apesar do apelo do brasileiro Luisão, capitão da equipa do Benfica, para que serenassem os ânimos.















Lusa
  • "É muito importante que haja um cabal esclarecimento"
    0:37
  • Como se sobrevive à dor em Nodeirinho e Pobrais
    2:43
  • Madeireiros sem emprego após incêndios
    2:57
  • Chamas no concelho de Torre de Moncorvo ameaçaram aldeia
    1:30

    País

    Dois incêndios no concelho de Torre de Moncorvo deram luta aos bombeiros na tarde de ontem e também durante toda a noite. As chamas estiveram muito próximas da aldeia de Cabanas de Cima, mas os bombeiros conseguiram desviar o fogo.