sicnot

Perfil

Boko Haram

Boko Haram

Boko Haram

Recruta do Boko Haram diz que líder ordenou morte de mulheres em Gwoza

Um homem forçado a lutar nas fileiras do movimento extremista Boko Haram disse hoje que o líder Abubakar Shekau ordenou diretamente a morte de mulheres na cidade de Gwoza, no nordeste da Nigéria. 

"Os corpos foram encontrados espalhados por baixo de uma ponte" à saída da cidade de Damasak, próxima da fronteira com o Níger, disse o coronel, que visitou o local, descoberto por soldados chadianos. (Arquivo)

"Os corpos foram encontrados espalhados por baixo de uma ponte" à saída da cidade de Damasak, próxima da fronteira com o Níger, disse o coronel, que visitou o local, descoberto por soldados chadianos. (Arquivo)

© Stringer . / Reuters

Usman Ali disse, citado por agências internacionais, ter testemunhado as mortes na cidade, que Shekau tinha proclamado ser parte de um califado no ano passado e que é considerada o bastião dos fundamentalistas islâmicos.  

Um outro homem, Haruna Abubakar, residente da zona, também confirmou o massacre no estado de Borno, mas nenhum dos dois sabe quantas mulheres foram mortas.  

O exército nigeriano afirmou hoje ter recuperado Gwoza, o último êxito da ofensiva regional contra o Boko Haram, que envolve o Chade, Niger e Camarões.  

À medida que a coligação militar ganha terreno, aumentam testemunhos de crimes perpetrados pelo Boko Haram.  

No início deste mês, residentes que fugiram da localidade de Bama, também no estado de Borno, afirmaram que dezenas de mulheres obrigadas a casar com militantes do Boko Haram foram mortas. 

Ali, um agricultor de 35 anos, afirmou que os rebeldes chegaram à aldeia de Kilekasa, a 55 quilómetros de Gwoza e a cerca de 15 quilómetros de Chibok, em 13 de março.  

Todos os homens capazes de lutar receberam armas. "Não tivemos escolha", disse à agência noticiosa francesa AFP, acrescentando que um homem tentou fugir e foi executado à frente de todos. 

"A 15 de março, Shekau reuniu todos os homens, incluindo os novos recrutas e disse que devíamos voltar a Gwoza e matar todas as mulheres que ficaram para trás", disse.  

"Levaram-nos para Gwoza onde assistimos ao massacre", acrescentou.  

Sobre os rumores de que as 219 raparigas raptadas pelo Boko Haram de uma escola de Chibok, em abril passado, se encontram em Gwoza, os dois homens disseram que não as viram.  

Ali fugiu para Yola, capital do estado vizinho de Adamawa. "Não sei o que aconteceu às pessoas da aldeia. Quando fomos para Gwoza não encontrámos qualquer sinal das raparigas de Chibok. Devem ter sido levadas para outro local", disse. 

Lusa
  • Relatório pedido pelo Governo PSD-CDS já apontava falhas no SIRESP
    2:26
  • FC Porto acusa Benfica de recorrer a serviços de "bruxaria"
    2:34

    Desporto

    Francisco J. Marques acusou o Benfica de recorrer a "bruxaria". O diretor de comunicação do FC Porto revelou uma troca de e-mails entre Luís Filipe Vieira e Armando Nhaga, suposto comissário nacional da polícia da Guiné-Bissau com a celebração de um contrato de prestação de serviços.

  • Francisco J. Marques promete continuar a revelar e-mails
    2:11

    Desporto

    Francisco J. Marques diz que a Polícia Judiciária sabe como o Futebol Clube do Porto teve acesso aos e-mails e desafia o Benfica a revelar os originais. O diretor de comunicação do clube portista revelou ainda que irá continuar a divulgar e-mails, já que isso não é incompatível com o segredo de Justiça.

  • Confirmada prisão dos portugueses que gravaram nome no portão de Auschwitz

    Mundo

    Dois adolescentes católicos portugueses foram condenados a um ano de prisão com pena suspensa, por terem gravado os nomes na porta da entrada principal de Auschwitz-Birkenau. O tribunal de primeira instância de Oswiecim já tinha condenado os jovens e o tribunal de Cracóvia confirmou esta quarta-feira a pena aplicada.

  • Temer pode cair menos de um ano depois da queda de Dilma
    3:06
  • Imagens do resgate de crianças feridas num bombardeamento na Síria
    2:00

    Mundo

    Os Estados Unidos acusam o regime sírio de estar a preparar um novo ataque químico e avisam Bashar al-Assad que vai pagar caro se o concretizar. No terreno, os ataques aéreos continuam a fazer vítimas civis. Da periferia de Damasco chegam imagens dramáticas do resgate de duas crianças feridas num bombardeamento.

  • Quem é a mulher que diz ser filha de Salvador Dalí

    Cultura

    Maria Pilar Abel Martínez nasceu em 1956 e será o alegado fruto de um caso entre a sua mãe e Salvador Dalí. Um tribunal de Madrid ordenou a exumação do cadáver do pintor e a obtenção de amostras, de modo a determinar se a mulher espanhola é mesmo filha de Dalí.

  • Mulher atira moedas para o motor do avião por superstição

    Mundo

    As superstições levam as pessoas a fazer coisas bizarras e até, mesmo, perigosas. Este foi o caso de uma mulher chinesa que decidiu atirar moedas para o motor de um avião, para garantir boa sorte na viagem, que estava prestes a fazer. Contudo, a ação obrigou ao atraso do voo que partia de Xangai, numa companhia aérea chinesa.

  • Modelo italiana atacada com ácido volta ao trabalho

    Mundo

    Gessica Notaro, antiga concorrente do concurso Miss Itália, já regressou ao trabalho como treinadora de leões marinhos, cinco meses depois de ter sido atacada com ácido, alegadamento pelo ex-namorado, Jorge Edson Tavares. Gessica Notaro diz que quer inspirar e encorajar outras mulheres a lutar contra o assédio e o bullying nas relações.