sicnot

Perfil

Boko Haram

Boko Haram

Boko Haram

Boko Haram executa 10 pescadores no nordeste da Nigéria

O grupo extremista Boko Haram executou 10 pessoas em três aldeias próximas de Baga, nas margens do lago Chade, no nordeste da Nigéria, relataram hoje um responsável local e um habitante daquela zona.

Bandeira do grupo Boko Haram.

Bandeira do grupo Boko Haram.

© Joe Penney / Reuters

As vítimas eram pescadores e foram degoladas, segundo as mesmas fontes.

O ataque ocorreu na segunda-feira, mas a zona é muito isolada e as comunicações telefónicas quase não funcionam. As testemunhas tiveram de se descolar até Maiduguri, capital do Estado de Borno, cidade que fica a uma distância de mais de 100 quilómetros, para lançar o alerta.

"Na segunda-feira, o Boko Haram atacou três aldeias localizadas nas margens do rio Chade, onde executou 10 pessoas, todos pescadores", afirmou, em declarações à agência francesa AFP, o presidente do sindicato dos pescadores do Estado de Borno, Abubakar Gamandi.

Segundo o responsável local, os combatentes do grupo radical islâmico evitaram utilizar armas de fogo "para não atrair a atenção dos soldados em Baga" e usaram facas.

"Eles degolaram as 10 pessoas", disse Buhari Dan-Malam, um habitante de uma aldeia vizinha.

"Em Bundaram, mataram quatro pessoas, depois em Fishdam mataram duas pessoas e em Kwatar Mali, eles mataram outras quatro pessoas", acrescentou Abubakar Gamandi.

Várias aldeias piscatórias nesta região ficaram quase desertas em janeiro, após uma vaga de ataques perpetrados pelo Boko Haram.

Mas, segundo o presidente do sindicato dos pescadores de Borno, os habitantes de algumas aldeias consideradas como "livres do Boko Haram" começaram a regressar há cerca de um mês.

Sob a proteção do exército, os pescadores "relançaram o comércio de peixe e começaram a vender o peixe em Maiduguri", uma vez que a vida nos campos de deslocados "tornou-se muito difícil por causa da falta de comida", indicou Abubakar Gamandi.

O grupo fundamentalista Boko Haram pretende criar um estado islâmico no norte da Nigéria e está ativo no país desde 2009.

Lusa

  • MIT quer humanos a ajudar máquinas a decidir (quem morre)

    Mundo

    A "Máquina Moral" é uma plataforma online que recolhe a perspetiva humana em decisões que terão de ser tomadas por uma máquina. Por exemplo, quando um carro sem condutor se depara com o dilema do mal menor: em quem acertar - para evitar outros - num acidente de viação.

  • Daesh transforma drones em bombardeiros 

    Daesh

    As estratégias de combate do Daesh têm vindo a sofrer alterações, bem como a capacidade das forças militares iraquianas para confrontar e derrotar o inimigo. De acordo com o responsável do Exército dos EUA Brett Sylvia, comandante militar no Iraque, a tática mais recente desenvolvida pelo Daesh consiste em usar drones de uso comercial em pequenos bombardeiros, capazes de transportar e lançar granadas.