sicnot

Perfil

Boko Haram

Boko Haram

Boko Haram

Encontrada uma das 219 raparigas raptadas pelo Boko Haram há 2 anos

Uma das 219 estudantes raptadas há mais de dois anos pelo Boko Haram em Chibok, no nordeste da Nigéria, foi encontrada sã e salva, a primeira descoberta desde o sequestro pelo grupo extremista, indicaram responsáveis de associações locais.

Campanha Bring Back Our Girls - Tragam de volta as nossas raparigas

Campanha Bring Back Our Girls - Tragam de volta as nossas raparigas

© Afolabi Sotunde / Reuters

Amina Ali foi descoberta na terça-feira por vigilantes na floresta de Sambisa, no estado de Borno, considerada um dos últimos bastiões dos islamitas do Boko Haram, informou na rede social de mensagens curtas Twitter Tsambido Hosea Abana, um dos responsáveis em Chibok do movimento BringBackOurGirls (Tragam as nossas raparigas de volta).

Yakubu Nkeki, responsável do grupo de Pais das Raparigas Raptadas em Chibok, deu a mesma informação à agência France Presse, adiantando que a rapariga tinha 17 anos quando foi raptada.

"Ela encontrou-se com os pais, que reconheceram a sua filha, antes de ser levada para a base militar em Damboa", disse Ayuba Alamson Chibok, um líder comunitário em Chibok, à AFP.

Os três homens disseram que a adolescente parece ter tido um filho em cativeiro, tendo Abana indicado que outras das sequestradas se encontram naquela floresta próxima dos Camarões, alvo dos militares há várias semanas.

O Boko Haram raptou 276 estudantes de uma escola secundária em Chibok na noite de 14 de abril de 2014, tendo 57 conseguido fugir pouco tempo depois.

Nada se sabia das restantes 219 desde a divulgação de um vídeo pelos radicais em maio de 2014, até que uma mensagem, uma aparente "prova de vida", foi enviada ao governo nigeriano no início deste ano.

O rapto provocou indignação e trouxe atenção mundial para a rebelião do Boko Haram, que já causou pelo menos 20.000 mortos e mais de 2,6 milhões de deslocados desde 2009.

Lusa

  • 10 Minutos com Eurico Reis
    11:20

    10 Minutos

    Há quatro meses que Portugal é um dos poucos países europeus onde é possível recorrer à gestação de substituição. E há já um casal que teve luz verde para começar os tratamentos. Para um balanço, foi nosso convidado Eurico Reis, juiz desembargador e presidente do Conselho Nacional de Procriação Medicamente Assistida, a entidade que autoriza os processos de gestação de substituição.

    Entrevista completa

  • Parlamento discute utilização de animais no circo
    2:01
  • Seis meses depois da tragédia de Pedrógão Grande
    5:55

    Tragédia em Pedrógão Grande

    Assinalou-se este domingo meio ano desde que o país ficou em choque com o rasto de morte e destruição causado pelos incêndios florestais na região centro. A tragédia de Pedrogão Grande foi há precisamente seis meses. Enquanto segue a reconstrução no tempo possível e com o Natal à porta, a vida prossegue, mas não voltará a ser mesma.

  • A inédita entrevista do príncipe Harry a Barack Obama
    0:47

    Mundo

    Foi divulgado um vídeo pouco habitual em que aparece o príncipe Harry a entrevistar Barack Obama para um programa de rádio. A conversa foi gravada em setembro, durante um evento desportivo para militares com deficiência, e será transmitida na íntegra no dia 27 de dezembro.