sicnot

Perfil

Boko Haram

Exército nigeriano confirma que foi encontrada segunda menina sequestrada pelo Boko Haram

Exército nigeriano confirma que foi encontrada segunda menina sequestrada pelo Boko Haram

O Exército nigeriano confirmou que foi encontrada a segunda menina das 219 raparigas sequestradas há dois anos pelo Boko Haram. Seral Luka foi resgatada com 97 mulheres e crianças numa operação antiterrorista no norte do país. Os especialistas dizem que a libertação da jovem pode facilitar as negociações entre o o Boko Haram e o Governo.

  • Uma das raparigas raptadas pelo Boko Haram encontrada com filho de quatro meses
    1:57

    Mundo

    Ao fim de mais de dois anos, foi encontrada a primeira das mais de 200 adolescentes, raptadas pelo Boko Haram na Nigéria. A jovem foi localizada numa floresta, no Nordeste do país, uma zona controlada pelo grupo radical islâmico. Amina Ali tem agora 19 anos, um filho de quatro meses e passou 765 dias em cativeiro. Amina revelou que seis amigas morreram e que a maioria continua sob sequestro.

  • Luís Pina indiciado por quatro crimes de tentativa de homicídio
    2:24
  • Ministro "mais descansado" com relatório sobre Almaraz, ambientalistas contestam
    2:01

    País

    O ministro do Ambiente diz estar mais descansado depois de conhecer o relatório técnico que considera o armazém de resíduos nucleares em Almaraz uma solução adequada. Já as associações ambientalistas e os partidos criticam o parecer positivo à construção e querem ouvir os ministros do Ambiente e dos Negócios Estrangeiros no Parlamento.

  • Marcelo recebido por multidão na Ovibeja
    2:52
  • Líderes europeus unidos para iniciar saída do Reino Unido
    2:08
  • 100 dias de Trump em 04'30''
    4:33

    Pequenas grandes histórias

    Donald Trump tomou posse como 45º Presidente dos EUA dia 20 de janeiro de 2017, faz este sábado, 100 dias. Prometeu grandes mudanças, mas os planos acabaram por chocar de frente com a realidade e a burocracia de Washington, como foi o caso do Obamacare. Foi a primeira ordem executiva que assinou, no dia em que tomou posse, mas a revogação está longe de acontecer.