sicnot

Perfil

Boko Haram

Boko Haram

Boko Haram

Mais de 240 mil crianças sofrem de desnutrição aguda na Nigéria

Mais de 240 mil crianças sofrem de desnutrição aguda e elevado risco de morte no nordeste da Nigéria, em resultado da deterioração da situação humanitária devido ao conflito com o grupo jihadista Boko Haram, alertou hoje a UNICEF.

© Afolabi Sotunde / Reuters

De acordo com os números da agência das Nações Unidas para a Infância, das 244 mil crianças que sofrem de desnutrição aguda grave no estado de Borno, no nordeste do país, quase 50 mil podem morrer se não receberem tratamento imediato.

"134 crianças morrerão em média por dia por causas relacionadas com a desnutrição aguda, se a resposta não aumentar rapidamente", advertiu o diretor regional da Unicef para a África Ocidental e Central, Manuel Fontaine, num comunicado, citado pela agência espanhola Efe.

Fontaine, que acaba de visitar a região, pediu a colaboração da comunidade internacional, sublinhando a "necessidade" de "todos os aliados e doadores" darem "um passo em frente para evitar que morra mais uma criança sequer".

De acordo com a Unicef, a crise alimentar na região torna-se mais visível à medida que as tropas da força multinacional vão recuperando o controlo de territórios em poder do Boko Haram e estes se tornam acessíveis à ajuda humanitária.

Os locais que agora estão acessíveis apresentam um panorama desolador, com cidades completamente destruídas que acolhem pessoas deslocadas, sem acesso a condições adequadas de higiene, água ou alimentos.

O diretor regional da UNICEF advertiu que a situação irá piorar nos próximos meses, uma vez que as organizações humanitárias ainda não têm acesso a quase dois milhões de pessoas que vivem em áreas pouco seguras.

Nos sete anos que dura o conflito, o grupo terrorista Boko Haram assassinou mais de 12 mil pessoas, de acordo com estimativas governamentais, obrigando mais de 2,5 milhões de pessoas a abandonar as suas casas.

Lusa

  • Outros casos de fuga de prisões portuguesas
    2:58

    País

    Nos últimos cinco anos, 52 reclusos fugiram de cadeias portuguesas, mas foram todos recapturados. Entre 1999 e 2009, fugiram oito reclusos da prisão de Caxias. Em 2005, um homem condenado a 21 anos de prisão fugiu de Coimbra, viajando por França e pela Polónia. Manuel Simões acabou por ser detido no regresso a Portugal.

  • Portugal sem resposta de Moçambique sobre português desaparecido em Maputo
    1:25

    País

    Portugal tem tentado, sem sucesso, obter respostas das autoridades moçambicanas sobre o rapto de um empresário português há sete meses. De acordo com a notícia avançada este domingo pelo jornal Público, uma carta enviada há duas semanas pelo Presidente da República ao homólogo moçambicano não teve resposta. O Governo de Moçambique tem ignorado pedidos de informação das autoridades portuguesas.

  • Táxi capaz de sobrevoar filas de trânsito ainda este ano no Dubai

    Mundo

    É o sonho de muitos que passam horas intermináveis em filas de trânsito. Trata-se de um drone com capacidade para transportar pessoas. "Operações regulares" deste insólito aparelho terão início em julho, no Dubai. O anúncio foi feito pela entidade que gere os transportes da cidade. Apenas um passageiro, com o peso máximo de 100 kg, pode seguir viagem neste táxi revolucionário, capaz de sobrevoar vias congestionadas pelo trânsito.