sicnot

Perfil

Boko Haram

Boko Haram

Boko Haram

Líder do Boko Haram aparece em vídeo para negar ter sido ferido pelo exército

© Tim Cocks / Reuters

O líder do grupo islamita nigeriano Boko Haram divulgou hoje um novo vídeo em que diz estar "perfeitamente bem", depois de no final de agosto o exército da Nigéria ter anunciado que o tinha ferido com gravidade.

"Vocês disseram nas redes sociais que me tinham ferido ou que me tinham morto", diz Abubakar Shekau no vídeo de 40 minutos, divulgado no YouTube e datado de 25 de setembro.

"Mas eu estou feliz, de boa saúde e em segurança", continua.

No final de agosto, o exército afirmara ter "ferido fatalmente" o chefe do Boko Haram num raide aéreo no nordeste do país.

O exército nigeriano já anunciou a morte de Abubakar Shekau por diversas vezes, mas o esquivo líder do Boko Haram reaparece regularmente em vídeos do grupo 'jihadista'.

Lusa

  • A fuga dos PIDES
    1:16

    Perdidos e Achados

    Ao final do dia 29 de Junho de 1975, 89 agentes da PIDE fugiam da cadeia de Vale de Judeus, em Alcoentre. Mais de 40 anos depois, Perdidos e Achados recupera um dos acontecimentos do Verão Quente em Portugal. Hoje no Jornal da Noite e conteúdos exclusivos no site.

    Hoje no Jornal da Noite

  • Uma volta a Portugal. De bicicleta mas sem licra

    País

    Um grupo de professores propõe-se a repetir o percurso da 1.ª Volta a Portugal em Bicicleta, 90 anos depois. Não se trata de uma corrida, pelo contrário querem provar que qualquer um o pode fazer e promover o uso da bicicleta como meio de transporte pessoal. “Dar a volta” parte para a estrada esta quarta-feira, de Lisboa a Setúbal, tal como em 26 de abril de 1927.

    Ricardo Rosa

  • Casa Madonna di Fatima em Roma é um lar de idosos com 9 irmãs portuguesas
    4:29

    Mundo

    A mais antiga igreja dedicada à Senhora de Fátima em Roma tem mais de 50 anos. Foi construída pelas franciscanas hospitaleiras do Imaculado Coração, uma congregação fundada em Portugal. Hoje, as religiosas portuguesas gerem um lar na mesma rua, mas o templo foi entregue a uma congregação italiana.