sicnot

Perfil

Brexit

Brexit

Brexit

Duas sondagens apontam para vitória do "Brexit" no referendo britânico

Duas sondagens divulgadas hoje revelam que a maioria dos britânicos votará a favor da saída do Reino Unido da União Europeia (UE) no referendo de 23 de junho.

reuters

Se na semana passada, o campo a favor da manutenção na UE parecia estar na liderança das intenções de voto, são agora os apoiantes do "Brexit" que surgem agora à cabeça nestes dois inquéritos realizados pelo instituto de sondagens ICM para o diário britânico The Guardian.

A primeira sondagem foi realizada por telefone junto de uma amostra representativa de 1.004 pessoas, entre 27 e 29 de maio. A segunda foi realizada nas mesmas datas junto de 2.052 pessoas, na internet, método que habitualmente dá resultados mais favoráveis aos apoiantes da saída do Reino Unido da UE (Brexit, formada pelas palavras "Britain" e "exit").

O inquérito "online" dá aos apoiantes do Brexit 47% das intenções de voto, contra 44% dos apoiantes da manutenção e 9% de indecisos.

A sondagem telefónica dá ao "sim" à saída da UE 45% das intenções de voto, contra 42% dos defensores do "não" e 13% de indecisos.

Trata-se da primeira sondagem do ICM feita pelo telefone a dar vantagem ao Brexit. Até agora, apenas duas sondagens telefónicas realizadas por outros institutos tinham chegado ao mesmo resultado.

A média das duas sondagens, excluídos os indecisos, mostra que 52% das pessoas inquiridas declaram-se a favor de uma saída do Reino Unido da União, contra 48% que apoiam a manutenção.

Em contrapartida, a média das seis últimas sondagens realizadas pelo instituto What UK Thinks (O que pensa o Reino Unido) aponta para a liderança do campo da manutenção com 51% das intenções de voto, contra 49% dos apoiantes do Brexit. Na semana passada, estes resultados estavam, respetivamente, em 53% e 47%.

Lusa

  • Como não perder Barack e Michelle Obama nas redes sociais

    Mundo

    Sair da Casa Branca implica mais que reunir objetos físicos: é preciso guardar também os tweets, os posts e todo o conteúdo digital produzido nos últimos oito anos pelo Presidente dos EUA e pela primeira-dama. A equipa de Barack Obama já preparou tudo para que nada se perca do seu legado digital.

  • Portugueses querem contratar Obama

    Mundo

    Contratar Barack Obama. Pode parecer uma tarefa impossível, mas para a startup portuguesa Swonkie a única resposta a este desafio é "Yes We Can", mote da campanha presidencial de Obama de há nove anos.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.