sicnot

Perfil

Brexit / Eleições no Reino Unido

Brexit / Eleições no Reino Unido

Brexit

Primeiro-ministro italiano afirma que brexit vai ser um "desastre para os britânicos"

O primeiro-ministro italiano afirmou hoje que se o Reino Unido decidir sair da UE, no referendo de 23 de junho, vai ser "um desastre para os britânicos", mas não para os 28, nem para Itália.

© Max Rossi / Reuters

"Espero que (o referendo) corra bem. Se correr mal haverá um problema de turbulência financeira a curto prazo, será um desastre para os britânicos e isto faz-me pensar que os britânicos são mais sábios do que dizem as sondagens", afirmou Matteo Renzi aos jornalistas.

"Mas a médio e longo prazo (o 'Brexit') não será um drama para a União Europeia, nem para Itália", sublinhou.

Os britânicos vão às urnas a 23 de junho para decidir sobre a saída, ou não, do Reino Unido da UE.

A comissão eleitoral britânica indicou esperar uma participação de 80% dos eleitores no referendo.

Lusa

  • Fogo em Setúbal dominado
    2:31

    País

    O incêndio que deflagrou na terça-feira em Setúbal está dominado. As chamas chegaram a ameaçar as casas, o que obrigou à retirada de cerca de 500 pessoas das habitações, como medida de precaução. Também o Hotel do Sado teve de ser evacuado.

  • "Lancei um tema que os portugueses há muito queriam discutir"
    11:26
  • Danos Colaterais 
    18:55
    Reportagem Especial

    Reportagem Especial

    Jornal da Noite

    Nos últimos oito anos a banca perdeu 12 mil profissionais. A dimensão de despedimentos no setor é a segunda maior da economia portuguesa, só ultrapassada pela construção civil. A etapa mais complexa da história começou em 2008, com a nacionalização do BPN. Desde então, as saídas têm sido a regra. A reportagem especial desta terça-feira, "Danos Colaterais", dá voz aos despedidos da banca.