sicnot

Perfil

Brexit

Brexit

Brexit

Fundador do Wikileaks defende saída do Reino Unido da União Europeia

O fundador da página Wikileaks, Julian Assange, mostrou-se hoje favorável à saída do Reino Unido da União Eurpopeia, que é usada para "encobrir" as decisões políticas do Governo britânico.

© Peter Nicholls / Reuters

"Há uma coisa que me afetou pessoalmente, que é ver como este Governo, o Governo de David Cameron, utiliza repetidamente a União Europeia para encobrir as suas próprias decisões políticas", disse Assange numa entrevista com a estação de televisão ITV.

O Reino Unido é mau para a União Europeia, mas a União Europeia também é má para o Reino Unido, porque permite que existe uma falta de responsabilidade democrática neste país", disse o ativista australiano que está há quatro anos refugiado dentro da embaixada do Ecuador em Londres para evitar a extradição para a Suécia.

A pouco mais de uma semana para a realização do referendo que vai decidir a permanência ou a saída do Reino Unido da União Europeia, Assange sustentou que os sucessivos governos britânicos escudaram-se na legislação europeia para não prestar contas aos cidadãos.

"Por exemplo, com a ordem de detenção europeia: no Reino Unido pensamos que se devia ter direito a um julgamento justo, com provas, juízes e advogados, mas no meu caso não tive nada disto, e isto não me afeta apenas a mim", argumentou o ativista.

Os britânicos vão às urnas no dia 23 de junho para responder à questão sobre se o Reino Unido deve ou não permanecer na União Europeia, com as sondagens a darem margens demasiado curtas para se definir uma tendência de voto.

Lusa

  • BE diz que é urgente preparar o país para a saída do euro
    1:10

    País

    Catarina Martins diz que é urgente preparar o país para o cenário de saída do euro. No final da reunião da mesa nacional do Bloco de Esquerda, a coordenadora do partido criticou o encontro de líderes europeus em Roma e disse ainda que a Europa da convergência chegou ao fim.

  • "Mais UE não significa mais Europa"
    0:50

    País

    O secretário-geral do PCP insiste nas críticas à União Europeia. Um dia depois da comemoração dos 60 anos do Tratado de Roma, Jerónimo de Sousa defendeu, no Seixal, que o modelo europeu está esgotado e prejudica vários países, incluindo Portugal.

  • Aplicação WhatsApp acusada de permitir conversas secretas entre terroristas
    1:45
  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
    Perdidos e Achados

    Perdidos e Achados

    SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

    O Perdidos e Achados foi conhecer como eram as férias de outros tempos. Quando o Estado Novo controlava o lazer dos trabalhadores e criava a ilusão de um país exemplar. Na Costa de Caparica, onde é hoje o complexo do INATEL estava instalada a maior colónia de férias do país, chamava-se "Um Lugar ao Sol".