sicnot

Perfil

Brexit

Brexit

Brexit

The Sun pede aos britânicos para se livrarem da "ditatorial Bruxelas"

O influente jornal "The Sun" pede hoje aos leitores que votem a favor da saída do Reino Unido da União Europeia (EU) no referendo do dia 23, para se livrarem do que chama uma "Bruxelas ditatorial"

The sun

Num editorial que ocupa a primeira página, o jornal sensacionalista adverte que a permanência na UE será prejudicial para o país, pelo aumento da imigração, em detrimento dos salários e do "modo de vida" da população britânica.

"Esta é a nossa última oportunidade de nos desligarmos da máquina de Bruxelas não democrática (...) é hora de a aproveitar", publica o diário, propriedade do magnata da imprensa Rubert Murdoch.

'The Sun', o jornal mais lido no país, sobretudo entre a classe trabalhadora, é o primeiro diário nacional britânico a pronunciar-se abertamente a favor da saída da UE.

No editorial, intitulado "BeLeave Britan" (um jogo de palavras com que pede a saída e para acreditar no Reino Unido), o tabloide afirma que em 43 anos da participação britânica na UE, o bloco europeu demonstrou ser "ganancioso, intimidatório e impressionantemente incompetente numa crise".

"A 23 de junho, na urna, podemos corrigir este grande e histórico erro. É a nossa última oportunidade. Porque, sem dúvida, o nosso esforço parece mais desolador se nós ficarmos", sublinha o artigo, cujo título leva as cores da Union Jack (a bandeira britânica).

Ao mesmo tempo, o tabloide acusa os que apoiam a permanência na UE de levar a cabo uma campanha "feia" e "cínica" que está "abaixo" da "dignidade do Reino Unido".

"The Sun" assegura que fora da UE, o Reino Unido será mais rico, mais seguro e livre de traçar o seu próprio destino, enquanto dentro da União pode ver-se engolido num Estado federal em expansão de domínio alemão.

O editorial sai num momento em que se intensifica a campanha para o histórico referendo do dia 23, quando os britânicos deverão responder à pergunta: "Deve o Reino Unido continuar como membro da União Europeia ou deixar a UE?".

  • Divorciados vão poder dividir filhos no IRS 

    Economia

    Os divorciados vão passar a poder dividir os filhos no IRS (imposto sobre o rendimento singular) e o Governo está a estudar soluções para que em 2018 haja um novo sistema para lidar com a guarda conjunta de filhos.

  • "Os governos são diferentes mas o povo é o mesmo"
    0:45

    Economia

    O Presidente da República atribui o resultado do défice do ano passado ao espírito de sacrifício do povo português. Num jantar em Coimbra para assinalar o Dia do Estudante, Marcelo Rebelo de Sousa considerou ainda que o valor do défice de 2016 é a prova de que com governos diferentes conseguem-se os mesmos objetivos.

  • Recuo na saúde é primeira derrota de peso para Donald Trump
    1:18

    Mundo

    O Presidente norte-americano sofreu esta sexta-feira uma derrota de peso. O líder da Câmara dos Representantes retirou a proposta do plano de saúde de Trump, que se preparava para um chumbo na câmara baixa do Congresso. Para já, mantém-se o Obamacare.

  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.