sicnot

Perfil

Brexit

Cameron alerta para os perigos do Brexit

Cameron alerta para os perigos do Brexit

O primeiro-ministro britânico alertou hoje para os perigos da saída do país da União Europeia, como a economia, que sairá prejudicada. David Cameron disse que haverá cortes na despesa pública e aumento de impostos, caso o Brexit vença.

  • Brexit

    Especiais

    O Reino Unido referendou a saída da União Europeia. O Brexit venceu com 51,9% dos votos, numa votação histórica

  • Brexit: "não há plano B", diz Timmermans
    6:49

    SIC Europa

    A Comissão Europeia voltou esta semana a insistir para a necessidade de mais reformas estruturais em Portugal. Em entrevista à SIC o vice-Presidente da Comissão falou ainda da crise migratória para revelar que os estados-membros que nao aceitem participar no sistema de recolocação podem ter de pagar uma multa de 250 mil euros por refugiado. Sobre a eventual saída do Reino Unido da Uniao Europeia, Frans Timmermans admite, "não há plano B".

  • Advogados de Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático
    2:13

    Operação Marquês

    Os advogados de José Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático e garantem que o antigo primeiro-ministro nunca favoreceu Ricardo Salgado ou o Grupo Espirito Santo. Segundo o Expresso, o presidente da Escom, Helder Bataglia, terá admitido que Ricardo Salgado utilizou uma conta bancária do empresário, na Suíça, para passar 12 milhões de euros a Carlos Santos Silva, alegadamente para o amigo José Sócrates.

  • Marcelo diz que é hora de valorizar o poder local
    0:40

    País

    O Presidente da República diz que este é o momento para valorizar o poder local. Sobre a descida da Taxa Social Única, Marcelo Rebelo de Sousa recusou comentar e negou que haja crispação politica entre Governo e oposição.

  • Marine Le Pen diz que Brexit terá efeito dominó na UE
    0:39

    Brexit

    Marine Le Pen diz que o Brexit vai ter um efeito dominó na União Europeia. Durante um congresso da extrema-direita, a líder da Frente Nacional francesa afirmou que a Europa vai despertar este ano em que estão marcadas eleições em vários países, como a Alemanha e a Holanda.