sicnot

Perfil

Brexit / Eleições no Reino Unido

Brexit / Eleições no Reino Unido

Brexit / Eleições no Reino Unido

FMI prevê "incerteza e volatilidade" em caso de saída do Reino Unido da UE

Uma saída do Reino Unido da União Europeia (UE) pode provocar "incerteza" e "volatilidade" e levar a um abrandamento do crescimento económico, advertiu hoje o Fundo Monetário Internacional (FMI), a uma semana do referendo britânico.

© Stefan Wermuth / Reuters

"Um voto pela saída da UE abriria caminho a um longo período de grande incerteza, volatilidade nos mercados financeiros e um crescimento mais lento, ao mesmo tempo que o Reino Unido teria de negociar uma nova relação com a UE", afirmou o porta-voz do FMI, Gerry Rice, em conferência de imprensa.

Duas novas sondagens publicadas hoje dão a vitória à campanha pela saída do Reino Unido da UE ('Brexit'), quando falta uma semana para o referendo de 23 de junho.

Segundo Rice, o FMI não quer "soar o alarme", mas apenas "fazer o seu trabalho (...) de forma neutra e imparcial".


Lusa

  • Relatório pedido pelo Governo PSD-CDS já apontava falhas no SIRESP
    2:26
  • Santana Lopes rejeita responsabilidades nas falhas do SIRESP
    1:21

    Tragédia em Pedrógão Grande

    Sobre o relatório do SIRESP, António Vitorino diz que há neste momento um passa culpas entre entidades que só vai contribuir para aumentar o receio das populações perante os incêndios. Pedro Santana Lopes, que era primeiro-ministro quando foi assinado o contrato da rede de comunicações, diz que não sente responsabilidades e defende que o importante é perceber o que há de errado com o SIRESP.

  • Chef russo aconselha bife tártaro aos jogadores portugueses
    1:29