sicnot

Perfil

Brexit

Brexit

Brexit

Novas sondagens dão vitória ao Brexit

A oito dias do referendo, três novas sondagens deram vitória ao Brexit em Inglaterra. A sondagem mensal Ipsos-Mori revelou que 53% dos inquiridos tenciona votar pela saída do país da União Europeia, enquanto os restantes 47% preferem ficar. Daqueles que tencionam votar no Brexit, grande parte pensa estar numa situação melhor dentro de cinco anos, com a saída da União Europeia.

© Russell Boyce / Reuters

Uma outra sondagem atribui também a liderança ao Brexit: 45% pretende votar pela saída do Reino Unido, contra 42%.

Os restantes inquiridos da segunda sondagem mostram-se ainda indecisos.

Já o banco de investimento J.P. Morgan avança que os campos em que é assinalado "Leave" (sair) têm aumentado, e não deve acontecer uma mudança de atitude ao último minuto.

O referendo vai a votos na próxima quinta-feira.

  • Ingleses no Algarve preocupados com o Brexit
    2:58

    Brexit

    O impacto nos acordos de saúde, tributação, comércio e pensões são algumas das preocupações dos britânicos que vivem no Algarve em relação à saída do Reino Unido da Europa. Por serem desconhecidas as consequências e por não poderem votar no referendo, muitos britânicos residentes no Algarve recusam falar em público sobre o Brexit.

  • Cameron alerta para os perigos do Brexit
    0:17

    Brexit

    O primeiro-ministro britânico alertou hoje para os perigos da saída do país da União Europeia, como a economia, que sairá prejudicada. David Cameron disse que haverá cortes na despesa pública e aumento de impostos, caso o Brexit vença.

  • Brexit

    Especiais

    O Reino Unido referendou a saída da União Europeia. O Brexit venceu com 51,9% dos votos, numa votação histórica

  • Captura ilegal de cavalos-marinhos na Ria Formosa
    3:02

    País

    Há cada vez menos cavalos marinhos na Ria Formosa. Cientistas da Universidade do Algarve dizem que a maior população desta espécie no mundo, que é a que existe na Ria Formosa, está ameaçada devido à captura ilegal para o mercado asiático. Dizem que, se nada for feito para travar este fenómeno, esta espécie protegida pode desaparecer em poucos anos.