sicnot

Perfil

Brexit

Alegado homicida de deputada britânica é apoiante de grupo neonazi

Alegado homicida de deputada britânica é apoiante de grupo neonazi

O Reino Unido está de luto pela morte da deputada Joe Cox, com a campanha para o referendo suspensa e bandeiras a meia haste. O alegado homicida da deputada britânica assassinada numa rua de Birstall é apoiante de um grupo neonazi. O homem de 52 anos terá agido sozinho. As autoridades investigam o passado clínico do agressor e se o crime terá ou não motivações políticas.

  • Campanha suspensa depois de deputada britânica baleada
    2:05

    Brexit

    Jo Cox, 41 anos, foi hoje baleada em Birstall, no norte de Inglaterra. Foi internada no Hospital de Leeds onde acabou por morrer. A deputada era uma das vozes pró-Europa e também atenta à questão dos migrantes. A campanha do referendo sobre a permanência do Reino Unido na União Europeia foi suspensa.

  • Cameron lamenta a morte de Jo Cox e cancela viagem
    1:50

    Brexit

    Após a notícia da morte de Jo Cox, as reações chegaram a todo lado e invadiram as redes sociais. David Cameron lamentou a morte de Jo Cox através do Twitter, e antes já tinha cancelado a viagem a Gibraltar, ao saber do ataque à deputada. O primeiro-ministro britânico recordou ainda Cox como uma mulher corajosa. O líder trabalhista Jeremy Corbyn falou num partido emocionado com a perda. Já Alexis Tsipras escreveu que o ódio e os nacionalismos são inimigos comuns à Europa.

  • Homenagens à deputada inglesa multiplicam-se no Reino Unido
    3:38

    Brexit

    Depois da morte da deputada britânica Jo Cox no norte de Inglaterra, a campanha do referendo sobre a permanência do Reino Unido na União Europeia foi suspensa. Emanuel Nunes, correspondente da SIC em Londres, esteve em direto na Edição da Noite da SIC Notícias para falar dos últimos desenvolvimentos. O jornalita diz que as homenagens têm-se multiplicado um pouco por toda a Inglaterra. O Parlamento já colocou a bandeira a meia haste e apolícia continua sem divulgar mais informações.

  • Cameron diz que o Reino Unido atravessa um "momento terrível"
    0:40

    Brexit

    O primeiro ministro britânico decidiu suspender a campanha do referendo agendado para dia 23 de junho. David Cameron disse que o Reino Unido atravessa um momento terrível e por respeito à família da deputada Jo Cox, é justo deixar de lado as ações pró e contra a União Europeia.

  • Denis Cheryshev: o orgulho dos anfitriões

    Mundial 2018 / Rússia

    O avançado Denis Cheryshev foi eleito o Homem do Jogo entre Rússia e Egito, que os russos venceram por 3-1. Marcou o segundo golo dos anfitriões, o terceiro em nome próprio no Mundial e juntou-se a Cristiano Ronaldo no topo da lista de melhores marcadores. Aos 27 anos e a jogar o primeiro Mundial da carreira, Cheryshev continua a assumir-se como um dos principais rostos da esperança russa para o sucesso desta campanha. Depois de já ter sido o melhor em campo no triunfo sobre a Arábia Saudita, a nação anfitriã vê-o como uma espécie de porta-estandarte do orgulho russo na defesa da pátria.

  • Gato Achilles acerta no resultado do Rússia-Egito

    Desporto

    O gato Achilles é o adivinho dos jogos do Mundial na Rússia. Depois de ter acertado na vitória da Rússia frente à Arábia Saudita, o felino voltou a apostar na equipa certa, com os russos a vencerem esta terça-feira o Egipto por 3-1.

  • Os momentos que marcaram o 6.º dia de Mundial
    0:58
  • Ronaldo no País dos Sovietes: O espetáculo fora das quatro linhas
    2:30
  • "Quando o Cristiano Ronaldo te convidar para almoçar, recusa"

    Desporto

    Na possibilidade de ser convidado por Cristiano Ronaldo para um almoço ou jantar, recuse. Este é o conselho de Patrice Evra, que revelou o "sofrimento" que passou quando aceitou almoçar em casa do capitão da seleção nacional, na altura em que ambos jogavam pelo Manchester United. O jogador francês falou sobre a comida "demasiado saudável" e o exercício que acabou por ter de fazer, enquanto podia estar a descansar.

    SIC

  • "Quero ir com a minha tia", o desespero das crianças afastadas dos pais nos EUA
    2:11

    Mundo

    A nova política de imigração de Donald Trump está a suscitar reações indignadas. Na fronteira com o México, as crianças refugiadas estão a ser retiradas à força aos pais e levadas para centros de acolhimento. Esta terça-feira, foi divulgado um registo áudio de uma criança a suplicar pelos pais a um dos agentes da polícia fronteiriça.

  • Protecionismo de Trump abala Wall Street

    Economia

    Abalada pela exacerbação das disputas comerciais entre os EUA e a China, a bolsa nova-iorquina encerrou esta terça-feira em baixa, com o seletivo Dow Jones a fechar em queda pela sexta sessão consecutiva.