sicnot

Perfil

Brexit / Eleições no Reino Unido

Brexit / Eleições no Reino Unido

Brexit

Libra recupera após assassinato da deputada trabalhista Jo Cox

A libra seguia hoje a subir depois da queda de quinta-feira, na sequência do assassinato da deputada trabalhista Jo Cox que levou à suspensão da campanha para o referendo sobre a permanência do Reino Unido na União Europeia.

© Toby Melville / Reuters

A deputada, de 41 anos, não resistiu aos ferimentos após ter sido atingida a tiro e apunhalada em plena rua na cidade de Birstall, norte de Inglaterra, na quinta-feira, por um homem de 52 anos que foi detido, alegadamente com ligações a um grupo de extrema-direita.

O medo sobre as consequências de uma eventual saída do Reino Unido da União Europeia (Brexit) tem-se intensificado nos últimos dias, com avisos de uma queda no mercado global e recessão no britânico, levando a libra a desvalorizar.

A libra subiu hoje para 1,4242 dólares em Tóquio, dos 1,4211 dólares do fecho de quinta-feira, depois de ter tocado em mínimos de dois meses (1,40 dólares), de acordo com a agência financeira Bloomberg.

A morte de Cox motivou a suspensão de todos os atos de campanha que estavam previstos para quinta-feira e hoje.

Na quinta-feira, o primeiro-ministro conservador David Cameron anulou a sua participação num comício em Gibraltar para defender a opção da permanência e evitar o processo conhecido por Brexit.


Lusa

  • Bloomberg estima queda histórica da libra se o Reino Unido sair da UE

    Brexit

    A libra pode atingir um mínimo histórico de 30 anos face ao dólar se o Reino Unido sair da União Europeia. Esta é a estimativa avançada por cerca de três dezenas de analistas consultados pela Bloomberg. Pelo contrário, caso tudo permaneça como está a moeda britânica pode subir 6% e atingir máximos do ano. A dez dias da votação, os receios em torno da vitória do sim assustam os investidores. As bolsas asiáticas registaram a maior queda em dois meses e as praças europeias caem pela quarta sessão.

  • David Cameron volta a defender que o Reino Unido só perde com a saída da UE
    1:27

    Mundo

    O primeiro-ministro britânico, David Cameron, afirmou que 3 milhões de empregos dependem dos acordos de comércio com os Estados-membros da União Europeia. Ontem, depois do "mayor" londrino, Boris Johnson, ter anunciado que vai fazer campanha a favor do Brexit, a libra caiu para o valor mais baixo dos últimos sete anos, face ao dólar.Administradores de quase 200 empresas defendem que o Brexit representa uma ameaça para a economia.

  • Negócios do Fogo
    22:00
  • Direção da Raríssimas na Madeira demitiu-se em setembro
    1:58

    País

    Três representantes da Raríssimas na ilha da Madeira demitiram-se, em setembro, de costas voltas para a direção. A delegação da instituição na ilha começou em 2015 e fechou com as três demissões. Em entrevista à SIC, uma das antigas delegadas afirmou que todos os fundos angariados foram para a sede, em Lisboa, ficando depois sem dinheiro para pagar as despesas.

  • Deputado do PSD recusa vice-presidência da Raríssimas
    1:58

    País

    Nas reações políticas ao caso da Raríssimas, o PSD e CDS dizem que é preciso acionar todos os mecanismos legais apropriados para averiguar a situação. O deputado social-democrata, Ricardo Baptista Leite, que tinha sido convidado recentemente para vice-presidente da instituição, diz que já não há condições para tomar posse.

  • Turistas aproveitam nevão na Serra da Estrela
    1:23
  • Fortes nevões no norte da Europa
    0:59
  • Dezenas de feridos em protestos contra decisão de Trump em Israel
    1:55
  • A brincadeira de um youtuber que podia ter acabado mal

    Mundo

    Um jovem youtuber inglês enfiou a cabeça num saco de plástico, prendeu-a na parte interna de um microondas e encheu depois o eletrodoméstico com cimento. A brincadeira, que podia ter acabado de forma trágica, deixou o jovem completamente preso e obrigou à intervenção dos serviços de emergência.

    SIC

  • "Popeye" russo pode ter que amputar braços

    Mundo

    Um jovem russo injetou um óleo no corpo para conseguir ter músculos, mais propriamente nos seus braços, que já cresceram cerca de 25 centímetros. Contudo, segundo um médico, o procedimento pode levar à necessidade de amputação, deixando o jovem sem os membros.