sicnot

Perfil

Brexit

Malala participou na cerimónia de homenagem a Jo Cox

Malala participou na cerimónia de homenagem a Jo Cox

Não houve líderes partidários na homenagem à deputada trabalhista assassinada na semana passada no Reino Unido, uma vez que hoje é o último dia de campanha para o referendo. Em Londres, milhares de pessoas juntaram-se aos amigos e à família de Jo Cox, que hoje faria 42 anos. Os enviados da SIC estiveram lá, onde presenciaram o discurso da Nobel da Paz Malala Yusafzai em homenagem à deputada.

  • Parlamento britânico homenageia Jo Cox a três dias do referendo
    1:42

    Brexit

    A três dias do referendo à permanência do Reino Unido na União Europeia, o parlamento britânico homenageou Jo Cox, a deputada assassinada na quinta-feira. Um dos testemunhos mais emocionados foi proferido por uma deputada e amiga de Jo Cox. O líder trabalhista e primeiro-ministro britânico destacaram as qualidades da deputada assassinada.

  • Jo Cox lembrada como alguém que defendeu os pobres e oprimidos
    0:39

    Brexit

    Em Birstall, local onde foi morta a deputada britânica, realizam-se hoje as cerimónias fúnebres em homenagem a Jo Cox. Amanhã, também o parlamento britânico vai realizar uma sessão especial para honrar a memória da deputada. É lembrada como alguém que defendeu os pobres e os oprimidos e que lutou sempre pelas causas a que se entregava com um sorriso no rosto.

  • Suspeito da morte da deputada britânica dá resposta insólita em tribunal
    2:03

    Brexit

    O suspeito pela morte da deputada Jo Cox foi já ouvido em tribunal e formalmente acusado de homicídio. Quando lhe perguntaram o nome na sala de audiências, Thomas Mair respondeu de forma insólita e disse: "O meu nome é morte aos traidores e liberdade para o Reino Unido". A campanha para o referendo do dia 23 está suspensa até segunda-feira.

  • "O meu nome é morte aos traidores e liberdade para o Reino Unido"
    1:57

    Brexit

    O homem que matou a deputada trabalhista britânica, Jo Cox, está a ser ouvido no Tribunal de Westminster. Logo no início da sessão quando os magistrados lhe perguntaram o nome, Thomas Mair respondeu de forma insólita dizendo: "o meu nome é morte aos traidores e liberdade para o Reino Unido". A campanha ao referendo de dia 23 continua suspensa. Os trabalhistas só deverão retomar as ações na segunda-feira.

  • Avioneta despenha-se em centro comercial de Melbourne

    Mundo

    Uma avioneta com cinco pessoas a bordo caiu num centro comercial perto do aeroporto de Essendon em Melbourne. Segundo a polícia do estado de Vitória tratava-se de um voo charter com destino a King Island, situada entre a parte continental da Austrália e a ilha da Tasmânia.

  • Acha que conhece o seu país?
    27:42
  • Jornalista bielorrusso come jornal após perder aposta

    Desporto

    Vyacheslav Fedorenko, editor de desporto de um importante jornal da Bielorrúsia, apostou que o Dinamo Minsk não chegaria aos play-offs da Kontinental Hockey League (KHL), uma liga internacional dominada por equipas russas. Perdeu e acabou a comer as próprias palavras, impressas em papel.