sicnot

Perfil

Brexit

Brexit

Brexit

Líder populista britânico pede que hoje seja o "Dia da Independência"

O líder do eurocético Partido da Independência do Reino Unido (UKIP), Nigel Farage, divulgou um vídeo em que pede que hoje, dia do referendo sobre a permanência ou não do país na União Europeia, seja o "Dia da Independência".

© Dylan Martinez / Reuters

No vídeo, divulgado na conta de Farage no Twitter, o político afirma ter acabado de votar "no referendo da independência" e apela aos eleitores para que "votem com o coração e com a alma".

"Façam de 23 de junho o nosso dia da independência, um dia de que nos possamos orgulhar para sempre", afirma.

O vídeo, de 19 segundos, segue-se a um outro mais longo divulgado por Farage na quarta-feira, no qual afirma que o Reino Unido é um "país corajoso e com uma história rica" e que aqueles que pensam que os feitos britânicos "são coisas do passado" estão "enganados" e "acreditam que é melhor outros tomarem decisões" pelos britânicos.

"Somos suficientemente importantes para podermos estar sozinhos e ser protagonistas mundiais. E também suficientemente corajosos para tomarmos as nossas decisões", disse.

Com Lusa

  • Hoje é o Dia B no Reino Unido

    Brexit

    Os britânicos decidem hoje se o Reino Unido continua como membro da União Europeia ou sai, num referendo que se espera participado e disputado e que ameaça turbulência económica e política em caso de Brexit. As urnas para o referendo abriram às 7:00 e encerram às 22:00.

  • Emigrantes portugueses preocupados com referendo no Reino Unido
    2:18

    Brexit

    Todos os anos, uma média de 30 mil portugueses emigra para o Reino Unido, principal destino da emigração lusa. Mas no ar paira agora ameaça de uma eventual saída da União Europeia. O discurso anti-emigração da campanha criou apreensão entre a comunidade portuguesa sobretudo entre os mais jovens.

  • Marco Silva vai treinar o Watford

    Desporto

    O treinador português Marco Silva assinou contrato com o Watford, da Liga Inglesa. O emblema que terminou a última Premier League na 17ª posição, a última antes dos lugares de descida, ganhou assim a corrida ao Crystal Palace e ao FC Porto, que também tentaram contratar o técnico.

  • "A maior conquista foi construir estabilidade"
    2:14

    Economia

    António Costa voltou esta sexta-feira a garantir que a partir de junho nenhum subsídio de desemprego será inferior a 421 euros por mês. O primeiro-ministro falava nas jornadas parlamentares do PS, onde afirmou que a estabilidade é a maior conquista deste Governo.

  • Com a multiplicação de bons indicadores económicos e financeiros do país, multiplicam-se os elogios ao Governo e declaram-se mortas e enterradas as políticas do passado recente, nomeadamente a da austeridade. Nada mais errado. O que os bons resultados agora alcançados provam definitivamente é que a austeridade resolveu de facto os problemas das contas públicas e, mais do que isso, contribuiu para o crescimento económico que foi garantido por reformas estruturais e pela reorientação do modelo económico.

    José Gomes Ferreira

  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14
  • Portugal pode ser atingido por longos períodos de seca

    País

    Portugal e Espanha podem ser atingidos até 2100 por 'megasecas', períodos de seca de dez ou mais anos, segundo os piores cenários traçados num estudo da universidade britânica Newcastle, que tem a participação de uma investigadora portuguesa.

  • G7 reforça compromisso na luta contra o terrorismo
    2:11
  • Uma foto para a história

    Mundo

    As mulheres dos líderes mundiais que se reúnem nas cimeiras da NATO posam para a fotografia oficial das primeiras-damas. A deste ano é histórica. Pela primeira vez, há um marido de um primeiro-ministro entre as nove mulheres. Trata-se de Gauthier Destenay, casado com o líder do Luxemburgo.