sicnot

Perfil

Brexit / Eleições no Reino Unido

Brexit / Eleições no Reino Unido

Brexit

Líder trabalhista Jeremy Corbyn já votou no referendo

O líder do Partido Trabalhista, Jeremy Corbyn, votou hoje no referendo sobre a permanência do Reino Unido na União Europeia numa secção de voto no bairro do norte de Londres onde reside.

© Stefan Wermuth / Reuters

Corbyn, partidário do Permanecer (Remain), mostrou-se bem-disposto perante os jornalistas que o aguardavam junto da escola primária de Pakeman, na circunscrição londrina de Islington.

"Estou extremamente confiante", disse.

Nos dias anteriores ao referendo, Jeremy Corbyn reforçou a mensagem de apoio à permanência na UE, embora ao longo dos últimos meses tenha sido criticado por se envolver pouco na campanha.

Entre os argumentos que utilizou no último debate televisivo, na terça-feira, o líder trabalhista afirmou que uma eventual vitória do Brexit (a saída do país da UE) conduziria a graves problemas económicos e atentaria contra os direitos laborais e sociais dos britânicos.

O apoio do Partido Trabalhista à permanência do Reino Unido na UE é visto por analistas como decisivo para uma vitória do Remain, dada a profunda divisão no Partido Conservador do primeiro-ministro David Cameron entre a ala mais eurocética e os partidários da permanência.


Lusa

  • Britânicos conscientes do momento histórico
    1:59

    Brexit

    Este é o segundo referendo à permanência do Reino Unido na comunidade europeia mas, desta vez, o resultado é mais incerto. A enviada da SIC a Londres, Cândida Pinto, diz que os britânicos estão conscientes da importância do momento.

  • Hoje é o Dia B no Reino Unido

    Brexit

    Os britânicos decidem hoje se o Reino Unido continua como membro da União Europeia ou sai, num referendo que se espera participado e disputado e que ameaça turbulência económica e política em caso de Brexit. As urnas para o referendo abriram às 7:00 e encerram às 22:00.

  • Manuel Delgado demitiu-se devido a "grave violação da privacidade"

    País

    O ex-secretário de Estado da Saúde diz que apresentou a demissão para "não perturbar nem criar qualquer tipo de embaraço ao normal funcionamento do Governo". Num comunicado, Manuel Delgado esclarece que foi remunerado pelo trabalho de consultor na Raríssimas "muito antes" da entrada no Governo e acrescenta que respeitou na íntegra todo o quadro legal e ético.

  • O que vai mudar nos recibos verdes
    2:55

    Economia

    Os trabalhadores independentes vão descontar menos para a Segurança Social já no próximo ano. A taxa vai descer dos 29,6% por cento para os 21,4%. A descida será compensada por um aumento das contribuições pagas pelos patrões. Há também alterações em caso de desemprego e o subsídio de doença passa a ser pago ao fim de 10 dias em vez de 31.

  • Tripulantes da TAP acusam companhia de desrespeitar compromissos
    3:16

    Economia

    O Sindicato que representa os tripulantes da TAP acusa a empresa de estar a violar a lei. A companhia aérea portuguesa denunciou unilateralmente o acordo de empresa com os tripulantes e apresentou novas condições, que o sindicato considera indignas. Diz que os tripulantes fizeram esforços pela companhia no verão e que agora estão a ser desrespeitados.

  • Uma "Árvore da Esperança" pelas vítimas dos fogos
    2:01
  • Bebé nasce com coração fora do peito e sobrevive
    2:06
  • Zapatou volta a eleger os melhores vídeos da internet
    6:28