sicnot

Perfil

Brexit

Brexit abala coesão interna do Reino Unido

Brexit abala coesão interna do Reino Unido

O referendo no Reino Unido vem levantar uma enorme incógnita sobre o futuro de uma união interna. Inglaterra e Pais de Gales queriam sair. Irlanda do Norte e Escócia ficar. O Governo escocês vai avançar para um referendo pela independência. Alex Salmond, antigo líder do Partido Nacional Escocês, defende que a Escócia deve continuar na União Europeia, apesar do resultado final.

  • Retrato de um reino dividido
    1:43

    Brexit

    Um parte do Reino Unido está em choque, outra parte em festa. Cândida Pinto, a enviada especial da SIC, está em Londres e fez um retrato do ambiente nas ruas da capital britânica, depois de conhecida a vitória do "sair" no referendo da permanência do Reino Unido na União Europeia.

  • Petição online para novo referendo bloqueia site do Governo britânico

    Brexit

    A vitória do Brexit no Reino Unido deixou muitos britânicos em choque, os 48% de eleitores que votaram a favor da manutenção na União Europeia (UE) estão inconformados e foi divulgada na internet uma petição parlamentar a favor de um segundo referendo. O documento conseguiu rapidamente cerca de 84 mil assinaturas, a uma média de 100 por minuto, e a enorme afluência bloqueou o site do Governo de Londres.

  • "A nossa lei tem demasiados buracos"
    0:44

    País

    Rui Cardoso acusa a classe política de não querer resolver os problemas da corrupção em Portugal. Entrevistado na Edição da Noite da SIC Notícias o magistrado do Ministério Público considera que ainda há um longo caminho a percorrer no combate à corrupção.

  • Beyoncé e a irmã caem e o vídeo torna-se viral

    Cultura

    Beyoncé voltou este fim de semana a subir ao palco do Coachella, depois de ter atuado na primeira semana do festival que decorreu no deserto da Califórnia, nos EUA. A cantora norte-americana voltou a brilhar, mas foi o momento em que caiu no palco com a irmã, Solange, que acabou por se tornar viral.

    SIC

  • Cientistas querem sequenciar genomas de 15 milhões de espécies

    Mundo

    Um consórcio internacional de cientistas, que por enquanto não inclui portugueses, propõe-se sequenciar, catalogar e analisar os genomas (conjuntos de informação genética) de 15 milhões de espécies, uma tarefa que levará dez anos a fazer, foi divulgado esta segunda-feira.