sicnot

Perfil

Brexit

Cameron sai porque "o país precisa de uma nova liderança"

Cameron sai porque "o país precisa de uma nova liderança"

O primeiro-ministro britânico, David Cameron, anunciou hoje a intenção de se demitir em outubro, na sequência do referendo em que os britânicos decidiram pela saída do Reino Unido da União Europeia.

Falando à imprensa à porta da sede do Governo, David Cameron afirmou que, depois da vitória do "Sair" com 52%, o país precisa de uma nova liderança, de um outro primeiro-ministro que lance as negociações para a saída do país da UE.

O Reino Unido votou na quinta-feira a favor da saída da União Europeia, com 52% votos no "Sair" ("Leave") e 48% no "Permanecer" ("Remain"), num referendo com uma participação eleitoral de 72%.

David Cameron, que convocou o referendo, fez campanha pela permanência na União.

  • A Catalunha "está farta da prepotência e dos abusos do governo"
    0:30
  • "Não há um verdadeiro debate democrático em Espanha"
    2:24
    Quadratura do Círculo

    Quadratura do Círculo

    QUINTA-FEIRA 23:00

    No Quadratura do Círculo desta quinta-feira, José Pacheco Pereira disse que este braço de ferro em território espanhol reforça a linha autoritária que existe em Espanha. Jorge Coelho considera que é urgente recorrer à diplomacia para definir um caminho a médio ou a longo prazo. Já o gestor Manuel Queiró afirma que Portugal não deve encarar este referendo com condescendência. 

  • Uber perde licença para operar em Londres

    Economia

    O regulador de transporte de Londres decidiu hoje que vai retirar à Uber a licença para operar na capital britânica. A proibição entra em vigor no final deste mês e vai afetar 40 mil motoristas da empresa multinacional norte-americana.

  • A corrida ao iPhone 8 no Japão, China e Austrália
    2:04
  • Óculos inteligentes permitem controlar telemóvel com o nariz
    1:05
  • Família Portugal Ramos
    15:01