sicnot

Perfil

Brexit

Brexit

Brexit

E agora, como vai ser?

Os eleitores britânicos decidiram que o Reino Unido vai sair da UE, depois de o 'Brexit' ter conquistado 51,9% dos votos no referendo de quinta-feira, cuja taxa de participação foi de 72,2%. O primeiro-ministro britânico, David Cameron, anunciou já a sua demissão com efeitos em outubro. E agora, como vai ser? Fica aqui as perguntas e respostas sobre o impacto do referendo no Reino Unido.

© Reinhard Krause / Reuters

+++ Quando sai o Reino Unido da União Europeia? +++

A saída não será imediata. Segundo o Tratado de Lisboa, prevê-se, no artigo 50.º, um prazo de dois anos para a negociação da saída de um Estado-membro do bloco europeu.

Os presidentes das instituições europeias (Comissão, Conselho, Parlamento Europeu e da presidência rotativa da UE) defenderam já um 'divórcio' o mais rapidamente possível, "por muito doloroso que seja o processo".

+++ Como será a relação do Reino Unido com a UE? +++

Mais uma vez depende das negociações que vão iniciar-se em breve. Mas após esses dois anos de negociações sobre as modalidades da saída, segundo o presidente da Comissão Europeia, Jean Claude Juncker, será necessário "negociar as relações entre o Reino Unido e a UE a partir do zero".

"Tudo tem de ser revisto e renegociado" e não apenas internamente, mas também na perspetiva dos acordos vigentes entre o Reino Unido e o resto do mundo, "pois todos os acordos comerciais internacionais (pelo menos 52) foram concluídos em nome da Europa", segundo Juncker.

+++ Quantos portugueses vivem no Reino Unido? +++

De acordo com as autoridades portuguesas, vivem no Reino Unido meio milhão de portugueses.

+++ Vai ser necessário usar o passaporte de cidadão da UE para voltar ao Reino Unido? +++

Para já, não. Pelo menos durante este período de negociação entre Londres e Bruxelas. Depois, dependerá das negociações entre o Reino Unido e a União. Poderá haver também mudanças relativamente às autorizações de residência e de trabalho. Afinal, um dos temas centrais da campanha foi a imigração, incluindo de países europeus com maiores problemas económicos -- há cerca de três milhões de cidadãos europeus a viver no Reino Unido, de acordo com um estudo de uma organização não-governamental britânica.

+++ As viagens para o Reino Unido vão ser mais difíceis? +++

O Conselho Mundial de Viagens e Turismo (The World Travel & Tourism Council), entidade vocacionada para viagens de executivos, garantiu hoje que, no curto prazo, não haverá alterações aos procedimentos de entrada no país, a partir dos países da UE.

+++ Os emigrantes portugueses terão mais dificuldades em viver no Reino Unido? +++

A curto-prazo, um grande número de economistas e instituições internacionais previu um período de instabilidade económica e até recessão na eventualidade de "Brexit", logo é possível que os portugueses sintam o impacto de menor crescimento económico ou desemprego.

A médio e longo prazo, poderá ser mais difícil ter acesso a estatuto de residente ou vistos de trabalho e a apoios sociais como subsídio de desemprego. Mas isto vai depender do resultado das negociações com a União Europeia.

Lusa

  • Moody's corta perspetiva de dívida do Reino Unido

    Brexit

    A Moody's cortou esta sexta-feira a perspetiva da nota da dívida de longo prazo do Reino Unido. Na sequência do Brexit, a agência financeira justificou a decisão de baixar de "estável" para "negativa" a avaliação da economia britânica com um "período prolongado de incerteza" que vai ter "implicações negativas no crescimento a médio prazo". Já quanto à perspetiva da dívida da União Europeia, a Moody's manteve a perspetiva em "estável".

  • Augusto Santos Silva diz que a situação do Reino Unido é "preocupante"
    11:58

    Brexit

    Depois da decisão dos britânicos em abandonar a União Europeia as reações multiplicam-se. O ministro dos Negócios Estrangeiros esteve na Edição da Noite da SIC Notícias e confessa que a situação do reino Unido é "preocupante". Augusto Santos Silva disse ainda que a reunião onde serão tomadas as decisões é a da próxima semana e não a deste sábado, onde estarão presentes apenas os países dos fundadores.

  • Marcelo e Costa pedem uma resposta rápida da UE em relação ao Brexit
    3:35

    Brexit

    Marcelo Rebelo de Sousa, António Costa e Pedro Passos Coelho pediram uma resposta rápida da União Europeia aos resultados do referendo britânico. Todos admitem que o Brexit vai ter consequências em toda a Europa e em Portugal. Os líderes políticos acreditam no entanto que a mais velha aliança política do mundo vai fazer com quer os emigrantes portugueses não saiam prejudicados.

  • Christine Lagarde quer negociações tranquilas e claras entre UE e Reino Unido
    0:31

    Brexit

    A chefe máxima do Fundo Monetário Internacional quer uma transição suave e negociações claras entre as autoridades britânicas e europeias. Christine Lagarde assegura que o FMI tudo fará junto dos estados-membros para garantir a estabilidade global. O divórcio da União Europeia já custou uma desvalorização da libra face ao euro e ao dólar.

  • O que pode mudar com a saída do Reino Unido da UE
    2:17

    Brexit

    Com a saída do Reino Unido da União europeia como fica a situação dos portugueses que lá vivem ou dos ingleses que residem em Portugal? Vamos precisar de passaporte? E o programa Eramus como irá funcionar? A SIC foi à procura de respostas com alguns especialistas.

  • O filme do Brexit
    3:38

    Brexit

    Desde o fecho das urnas no Reino Unido muita coisa mudou para a Europa. Veja os acontecimentos ao longo das últimas horas.

  • Brexit provoca pânico entre os investidores
    1:48

    Brexit

    Foi uma sexta feira negra nos mercados financeiros, apanhados totalmente de supresa pelo Brexit. O pânico instalou-se entre os investidores. As bolsas afundaram, o euro derrapou, a libra atingiu o valor mais baixo dos 30 anos, e as taxas da dívida dispararam.

  • Os números do Brexit
    0:49

    Brexit

    A saída do Reino Unido da União Europeia foi aprovada por 52% dos britânicos. O referendo de ontem teve uma das mais elevadas taxas de participação de sempre.Cerca de 72% dos eleitores foram às urnas. Escócia, Irlanda do Norte e Gibraltar destacam-se do resto do país por terem votado em maioria pela permanência na União Europeia.Também em Londres venceram os que queriam manter a ligação a Bruxelas.

  • Caravana com cinzas de Fidel chega este sábado a Santiago de Cuba
    2:01
  • Obama diz que Guterres "tem uma reputação extraordinária"
    1:38

    Mundo

    António Guterres diz que vai trabalhar com Barack Obama e também com Donald Trump, na reforma das Nações Unidas. O futuro secretário-geral da ONU foi recebido por Obama, na Casa Branca, onde recebeu vários elogios do presidente norte-americano.

  • Morreu o palhaço que fazia rir as crianças de Alepo

    Mundo

    Anas al-Basha, mais conhecido como o Palhaço de Alepo, morreu esta terça-feira durante um bombardeamento aéreo na zona dominada pelos rebeldes. O funcionário público mascarava-se de palhaço para ajudar a trazer algum conforto e alegria às crianças sírias, que vivem no meio de uma guerra civil.