sicnot

Perfil

Brexit

Brexit

Brexit

Eslováquia culpa política migratória e pede mudanças na UE

O governo da Eslováquia, que assume a presidência do Conselho Europeu a 1 de julho, culpou hoje indiretamente a política migratória europeia pela saída do Reino Unido da União Europeia e exigiu "mudanças profundas" no bloco comunitário.

© Stephane Mahe / Reuters

"Muitas pessoas que vivem na Europa recusa a política migratória europeia e há uma grande insatisfação com as políticas económicas da União Europeia (UE)", disse o primeiro-ministro eslovaco, Robert Fico.

"Os 27 países que ficam precisam de encontrar a força necessária para dizer que as políticas fundamentais da UE devem ser profundamente reformadas", acrescentou o político social-democrata, cujo país foi um dos mais críticos em relação ao acolhimento de refugiados e migrantes na Europa.

Ao mesmo tempo, Fico considerou que a decisão de hoje "não é nenhuma tragédia, é a realidade", e instou os líderes dos restantes países comunitários a registar a decisão britânica "com caráter imediato".

O primeiro-ministro eslovaco insistiu que será um enorme erro se a reação dos 27 "for como tem sido até aqui a política da UE", numa referência ao fosso existente entre os cidadãos europeus e Bruxelas.

"É preciso ter uma visão muito mais atrativa das questões que os cidadãos veem hoje de forma extremamente negativa", afirmou.

Fico propôs já a realização de "um debate informal sobre o futuro da UE" à chanceler alemã, Angela Merkel, ao chefe de Estado francês, François Hollande, e ao presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk.

A Eslováquia foi um dos oito países da Europa de Leste a aderir à UE em 2004 e vai assumir pela primeira vez a presidência do bloco.

Os eleitores britânicos decidiram que o Reino Unido vai sair da UE, depois de o Brexit ter conquistado 51,9 por cento dos votos no referendo de quinta-feira. A taxa de participação foi de 72,2%.


Lusa

  • Papa aprova canonização dos pastorinhos

    País

    O Papa Francisco promulgou esta manhã o decreto que reconhece o milagre atribuído aos beatos Francisco e Jacinta, conhecidos como os pastorinhos de Fátima, o que permite a canonização, anunciou a sala de imprensa da Santa Sé.

  • As vantagens de comprar online
    8:03
  • Suspeito de homicídio à porta do Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em preventiva
    1:36

    País

    O suspeito de ser o autor dos disparos que mataram um jovem junto à discoteca Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em prisão preventiva. Segundo a investigação, tudo terá começado com um mero desacato, ainda dentro da discoteca, onde a vítima e o detido foram filmados a discutir. O homem de 23 anos está indiciado por dois crimes de homicídio, um na forma tentada.

  • Filho de Trump critica mayor de Londres por palavras de 2016

    Ataque em Londres

    Donald Trump Júnior criticou o presidente da Câmara de Londres logo a seguir ao ataque de quarta-feira que fez três mortos e mais de 40 feridos. O filho de Presidente publicou no Twitter uma reação a uma declaração de Sadiq Khan de setembro de 2016. Para o Presidente dos EUA, o ataque em Londres é "uma grande notícia".

  • Marcelo reuniu-se com líderes europeus para falar do futuro da UE
    2:31

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa esteve esta quarta-feira em Bruxelas e participou numa homenagem às vítimas do atentado em Bruxelas, onde colocou uma coroa de flores junto ao monumento.O Presidente da República esteve também reunido com os líderes das principais instituições europeias para falar sobre o futuro da UE.