sicnot

Perfil

Brexit

Brexit

Brexit

Espanha propõe soberania partilhada de Gibraltar

A Espanha propôs hoje a soberania partilhada com o Reino Unido do enclave britânico de Gibraltar, que assim continuaria a ter acesso ao mercado único da União Europeia, mesmo depois do Brexit.

© Jon Nazca / Reuters

"A nossa fórmula [...] é a de uma soberania partilhada britânico-espanhola durante um período limitado de tempo, até à restituição de Gibraltar", declarou Jose Manuel Garcia-Margallo à rádio espanhola Onda Cero.

Durante o período de transição, os habitantes do enclave britânico no sul de Espanha poderiam conservar a nacionalidade britânica, se assim o desejassem, e um regime fiscal particular, acrescentou o ministro.

Gibraltar, uma península de sete quilómetros quadrados no sul de Espanha, cedida ao Reino Unido em 1713, é continuamente reclamada de volta por Madrid, que a considera como uma colónia britânica.

Cerca de 96 por cento dos habitantes d'"O Rochedo", como é conhecido, pronunciaram-se pela continuação na União Europeia, enquanto 04% preferiram o "Brexit", segundo os resultados divulgados hoje.

Os eleitores britânicos decidiram que o Reino Unido vai sair a União Europeia, depois de o Brexit ter conquistado 51,9%dos votos no referendo de quinta-feira, cuja taxa de participação foi de 72,2%.

O primeiro-ministro britânico, David Cameron, anunciou já a intenção de se demitir em outubro, na sequência deste resultado.

As principais bolsas europeias abriram hoje em forte queda, com a bolsa de Londres a descer perto dos 08%.

Lusa

  • O Brexit ganhou e agora? Segue-se um longo processo de divórcio

    Brexit

    A vitória do "Sair" no referendo sobre a permanência do Reino Unido na União Europeia obrigará agora as duas partes a longas e difíceis negociações para pôr fim a um casamento de 40 anos. O Tratado de Lisboa prevê um prazo de dois anos para a negociação da saída de um Estado-membro do bloco europeu.

  • Reino Unido sai da UE e Cameron demite-se

    Brexit

    O primeiro-ministro britânico anunciou esta manhã ao país que deverá ser outro chefe de Governo a assumir as rédeas do Reino Unido. David Cameron dá um prazo de três meses, um período de transição após o qual sairá do Executivo britânico. Os eleitores britânicos decidiram que o Reino Unido vai sair a União Europeia, depois de o Brexit ter conquistado 51,9% dos votos no referendo de quinta-feira, segundo os resultados finais. O referendo no Reino Unido pode vir a ter consequências na própria composição do país. Por sua vez, o presidente do Conselho Europeu garante que a União Europeia vai manter-se unida com 27 estados-membros.

  • NATO retoma diálogo com a Rússia

    Mundo

    O Conselho da NATO - Rússia foi instituído em 2002 e decorreu sem interrupções até à anexação da Crimeia, em 2014. O conflito separatista na Ucrânia dividiu a Aliança Atlântica e Moscovo e suspendeu toda a colaboração prática - desde civil a militar. Agora e na véspera da primeira reunião ministerial em Bruxelas com o estreante secretário de Estado americano Rex Tillerson, os países da NATO tentam a aproximação formal e reativação do diálogo político com Moscovo.

  • O poder da linguagem corporal nos tribunais
    9:12

    País

    Rui Mergulhão Mendes, especialista em 'profiling' na Emotional Business Academy, em Lisboa, esteve na Edição da Noite desta quarta-feira para explicar como é que um especialista em linguagem pode ajudar um tribunal a dar um veredito.